Arroz/CEPEA: Liquidez não aumenta e preço continua estável

Agronegócio

Arroz/CEPEA: Liquidez não aumenta e preço continua estável

Ritmo de comercialização do no RS se mantém lento
Por:
1511 acessos

O ritmo de comercialização do arroz em casca no Rio Grande do Sul se mantém lento, de acordo com pesquisadores do Cepea. Produtores continuam vendendo poucos lotes, mas buscando participar dos mecanismos de política agrícola do governo federal (como AGF, Contratos de Opções e EGF), no intuito de conseguir maior receita na venda da saca até o final de 2011. Além disso, mais uma vez neste ano, produtores conseguiram prorrogar o prazo de pagamento das parcelas de custeio de safra, reduzindo a necessidade de comercializar o produto neste mês. Por outro lado, parte das indústrias gaúchas consultadas pelo Cepea demonstrou maior interesse de compra em relação ao observado no final de maio, o que permitiu ligeira alta no preço do arroz em casca. Apesar disso, os atuais patamares ainda são considerados muito baixos por produtores. O Indicador do Arroz Esalq/Bolsa Brasileira de Mercadorias – BM&FBovespa (RS, 58 grãos inteiros) subiu 0,31%, fechando a R$ 19,48/sc de 50 kg na segunda-feira, 20. Na parcial de junho, o Indicador acumula alta de 1,3%.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink