Agronegócio

Arroz/Cepea: Maior oferta e recuo comprador diminuem ritmo de alta

O ritmo de alta dos preços da saca de arroz em casca no Rio Grande do Sul perdeu força nesta segunda quinzena de julho.
Por:
162 acessos

O ritmo de alta dos preços da saca de arroz em casca no Rio Grande do Sul perdeu força nesta segunda quinzena de julho. Com produtores mais ativos e indústrias menos presentes no mercado, o Indicador ESALQ-SENAR/RS subiu ligeiro 0,12% entre 12 e 19 de julho, fechando a R$ 50,65/sc 50kg na terça-feira, 19.

Na parcial do mês (até o dia 19), o Indicador registra alta de 1,24%. De acordo com colaboradores do Cepea, orizicultores ofertaram maior volume do cereal nos últimos dias no intuito de “fazer caixa”, devido à proximidade dos pagamentos de pré-custeio da temporada 2014/15 e aos gastos de safra, incluindo a compra de insumos para a próxima temporada (2016/17).

Por outro lado, produtores capitalizados continuam retraídos, na expectativa de maior valorização do arroz. Indústrias, por sua vez, tiveram menor interesse em adquirir arroz “livre” (armazenado nas propriedades rurais), dando preferência ao depositado em seus armazéns.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink