Arroz deve ser destaque da safra agrícola de 2011

Agronegócio

Arroz deve ser destaque da safra agrícola de 2011

A área plantada deve ter um acréscimo de 10,0% em relação ao ano passado
Por:
2879 acessos
Conforme o terceiro prognóstico para a safra agrícola em 2011 do Levantamento Sistemático da Produção Agrícola do IBGE, referente ao mês de dezembro, a produção dos três principais grãos do Rio Grande do Sul (arroz, soja e milho) deve sofrer redução de 4,4% em relação a 2010. Apesar da ampliação da fronteira agrícola destas três culturas, o decréscimo de produtividade deve ser proporcionalmente maior, sendo responsável pela contração da safra em 2011. Ainda assim, o destaque positivo deve ficar por conta do arroz, que após a queda de produção de 12,5% em 2010, deve ter aumento significativo na safra desse ano.

Após a redução no plantio de arroz ao longo de 2010, causada pelo fenômeno La Niña e pelo excesso de chuvas no período de semeadura, a retomada no mês de dezembro elevou as expectativas, que já eram positivas, para a sua produção em 2011 no Rio Grande do Sul. A área plantada deste grão deve ter um acréscimo de 10,0% neste ano em relação ao ano passado. Em relação às outras culturas mais relevantes do Estado, a área de plantio de milho deve manter-se praticamente estável, com uma redução de -0,3%, enquanto a área plantada de soja deve aumentar 2,2%.

Além da área de cultivo, a produtividade no plantio de arroz também deve elevar-se em 2011, chegando a 7.150 toneladas por hectare, o que representa um aumento de 7,9% em relação ao ano passado. Por outro lado, as culturas de milho e soja devem ter seus rendimentos reduzidos de forma expressiva, decrescendo 10,2% e 18,5%, respectivamente, em relação a 2010. A redução na produtividade no plantio de milho e soja deve impactar negativamente suas safras. Apesar de não sofrerem reduções em suas áreas de cultivo, estes dois grãos devem ter suas produções reduzidas em 10,5% e 16,7%, respectivamente, neste ano em relação ao anterior. Em termos de volume, estes decréscimos não devem ser compensados pela boa recuperação esperada para a produção de arroz, que deve terminar o ano com uma elevação de 18,7% em relação ao ano passado.

Com isso, a perspectiva para 2011 indica resultados, em termos de produção agrícola, inferiores à safra de 2010. Entretanto, o arroz, principal cultura do Rio Grande do Sul, deverá ter um ano positivo, recuperando as perdas de 2010 e ultrapassando o nível de produção atingido em 2009. Além disso, deve-se destacar que, em termos de renda, o produtor agrícola tende a ser favorecido ao longo do próximo ano pelo aumento de preços de commodities, tendo em vista as perspectivas de crescimento econômico global em 2011.
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink