Arroz e feijão estão em final de plantio no RS

Agronegócio

Arroz e feijão estão em final de plantio no RS

O plantio de arroz alcança 93% de área semeada, bastante avançado em relação à média dos últimos anos
Por:
3146 acessos
O plantio de arroz se encontra bastante avançado em relação à média dos últimos anos, com os produtores alcançando 93% de área semeada. O plantio do feijão, que atinge 88% da área, também se mantém à frente da média histórica. Segundo o Informe Conjuntural realizado pela Emater/RS-Ascar, o andamento da semeadura do feijão no RS apresentou somente um aumento de 2% na área a ser implantada, em decorrência da menor umidade do solo e de condições meteorológicas irregulares para a estação.

O plantio do milho avançou de forma mais lenta durante o último período, isso porque o produtor não encontrou condições adequadas de umidade no solo. Mesmo assim, o percentual de área semeada alcança os 72%, à frente de anos anteriores. Essa situação também se reflete na fase de floração, cuja ocorrência, nesta safra, está mais adiantada em dois pontos percentuais em relação à anterior.

Na soja, a área semeada já chega a 33% do total projetado, com a germinação alcançando 28%. As recentes precipitações beneficiaram o processo como um todo, amenizando a falta de umidade.

Em ritmo de final de colheita da canola, oleaginosa cultivada principalmente na parte Norte do Estado, vem apresentando, mesmo que de forma reduzida, evolução em sua área nessas últimas safras, incentivada, principalmente, pelas empresas de biocombustíveis, instaladas nessa grande região. Esse ano, nos cerca de 25 mil hectares estimados em colheita, a produtividade média deverá ficar próxima aos 25 sacos por hectare.

A colheita do trigo se processa de forma acelerada. Mesmo a ocorrência de chuvas não foi motivo para grandes paralisações, uma vez que estas não foram em volumes elevados e não se prolongaram por muito tempo. Com isso o percentual colhido chega a 63% do total da área, com 29% em fase madura.

As informações são da assessoria de imprensa da Emater/RS-Ascar.
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink