Arrozeiros estudam ação contra importações

Agronegócio

Arrozeiros estudam ação contra importações

Por:
1 acessos
Os produtores gaúchos de arroz estudam medidas para dificultar ou impedir a importação do cereal do Mercosul e de terceiros países. Na primeira quinzena de janeiro, a Federação dos Arrozeiros do Estado (Federarroz) pretende formalizar um pedido de salvaguarda ou de medida compensatória junto ao Departamento de Defesa Comercial (Decon), vinculado ao Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior.


Valter Pötter, presidente da Federarroz, disse que apresentou um esboço da proposta aos Ministérios da Agricultura e das Relações Exteriores e há um consenso entre eles de que a ação mais "apropriada" seria a medida compensatória, que prevê sobretaxas para compensar danos com a importação de produtos subsidiados. Pötter não descarta a imposição de salvaguardas (tarifas ou cotas para proteger temporariamente o setor).

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink