Arysta LifeScience investe no mercado de pastagem

Agronegócio

Arysta LifeScience investe no mercado de pastagem

Um dos produtos de destaque é o Artys, herbicida para controle de plantas daninhas
Por: -Joana
722 acessos
O investimento no mercado de Pastagem da Arysta LifeScience, uma das maiores empresas privadas do mundo no mercado de proteção de plantas e ciências da vida, já gera frutos no setor. A Arysta já é a marca mais lembrada pelos produtores pela sua linha de herbicidas e chegou a ficar entre as finalistas da categoria na conhecida premiação do setor “Touro de Ouro”.


Para impulsionar ainda mais essa aposta da companhia, Ricardo José Frugis, que tem mais de 19 anos de experiência no segmento de agroquímicos, chega para assumir a Gerência de Pastagem da Arysta LifeScience do Brasil, e será responsável pela definição das estratégias e gerenciamento dos produtos do portfólio para esse mercado. Com mais de 10 anos de experiência nesse ramo e um extenso currículo, Frugis é formado em Agronomia pela Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq), e entre suas quatro pós-graduações estão o curso de Proteção de Plantas, pela Universidade de Viçosa (MG), além do MBA em Gestão Estratégica do Agronegócio, pela FGV.


A linha de herbicidas da Arysta oferece diversos produtos que atuam em todo o estágio de desenvolvimento da Pastagem, proporcionando ganhos substanciais aos pecuaristas. O diferencial está no serviço agregado. Contando com uma equipe de campo estruturada que atua em todas as regiões do país, os técnicos especializados visitam as propriedades antes de indicar os tratamentos para fazer o correto diagnostico da área, possibilitando melhores resultados, em parceria com a equipe dos distribuidores locais.


Um dos produtos de destaque é o Artys, herbicida especialmente desenvolvido para o controle de plantas daninhas infestantes e para a recuperação de pastagens, que protege a área pulverizada e combate as sementes de plantas que se encontram no solo; o Browser é um herbicida seletivo para o controle de plantas daninhas arbustivas perenes e lenhosas, cuja aplicação deve ser feita logo após a roçada da invasora no toco recém-cortado da planta; há também o Artys, herbicida seletivo para o controle de plantas daninhas anuais e perenes via foliar, por meio de pulverizações terrestres ou aéreas para a formação, manutenção e reforma de pastagens; o Triclon, herbicida seletivo para controle de plantas daninhas arbustivas, age por meio de aplicação basal e é extremamente eficiente no controle de pindobas; e ainda o Lava 100, herbicida não seletivo para plantas daninhas perenes não controladas por outros produtos, tais como tabocas e amarelinho.


As informações são da Texto Assessoria de Comunicações

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink