Arysta LifeScience promove debate sobre soluções para cotonicultura

Agronegócio

Arysta LifeScience promove debate sobre soluções para cotonicultura

Empresa promoveu o IV Fórum de Algodão em Cuiabá (MT)
Por:
2001 acessos
A Arysta LifeScience, maior empresa privada do mundo no mercado de proteção de plantas e ciências da vida, promoveu em Cuiabá (MT), o IV Fórum de Algodão, no dia 30 de novembro, com o objetivo de incentivar pesquisas focadas no desenvolvimento da cotonicultura e auxiliar os produtores rurais no alcance da excelência da produção,

Alinhado à época de pico de plantio de algodão neste ano no estado, ocasionado pelo fim do período de vazio sanitário, e com cenário promissor parta a próxima safra, o IV Fórum do Algodão foi o palco para a empresa apresentar mais detalhadamente as tecnologias do produto Kabuki, em desfolha e jato dirigido, e os resultados do Biozyme, produto que faz parte do conceito Pronutiva®, de nutrição vegetal, um dos destaques do evento.

“O fertilizante foliar BIOZYME tem contribuído de forma significativa para a produtividade das lavouras. A função do aditivo é complementar a nutrição das plantas com fontes orgânicas e minerais que são prontamente assimiláveis e estimulam seu processo fisiológico. O produto é de origem natural, obtidos por meio de extratos vegetais”, complementa Nairo Pina, Gerente Linha Nutrição Arysta.

De acordo com a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), a previsão para a safra 2011 sinaliza para a possibilidade de uma expansão de até 40% na área destinada ao algodão em MT, o que pode levar o Estado a cultivar uma área recorde nesta safra. O evento abordou esse cenário por meio de grandes consultorias de algodão tanto do MT quanto BA, além de trazer debates técnicos sobre fisiologia, conceito pronutiva e uma palestra da SOMAR Metereologia sobre tendências do clima para os próximos meses nas áreas de algodão do MT e BA.

Para Gustavo Gonella, Gerente de Produto da Arysta LifeScience, este foi o momento crucial para consolidar o conceito pronutiva, fortalecendo o binômio qualidade e produtividade do algodão tanto no modelo convencional quanto adensado.“Acredito que pela qualificação das fontes presentes e pela participação dos consultores, aliado aos excelentes estudos e resultados apresentados de safras anteriores, o encontro cumpriu o papel preparativo para as melhores escolhas na safra vindoura”, avalia Gonella.

As informações são da assessoria de imprensa da Arysta LifeScience.
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink