Assembléia Legislativa do PR investigará preço de fertilizantes

Agronegócio

Assembléia Legislativa do PR investigará preço de fertilizantes

A Comissão Especial de Investigação deve fazer uma consulta para verificar se há indícios de formação de cartel no mercado de adubo
Por:
161 acessos

A Comissão Especial de Investigação da Assembléia Legislativa do Paraná, que apura abusos nos preços de insumos e fertilizantes agrícolas, deve fazer nos próximos dias uma consulta ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica - Cade para verificar se há indícios de formação de cartel no mercado de fertilizantes. A Cei se reuniu ontem e ouviu técnicos da Fetaep, Emater, Faep, Unicafes e Deser.

A decisão de consultar o Cade foi formulada pelo presidente da Cei, deputado Elton Welter, do PT, em conjunto com a engenheira agrônoma do Departamento de Economia Rural da Secretaria da Agricultura-Deral, Margorete Demarchi. A engenheira demonstrou preocupação com o aumento dos preços de fertilizantes, principalmente os derivados de nitrogênio, potássio e fósforo. “Mesmo com a queda do dólar, esses produtos aumentaram. Temos de verificar se há manipulação dos preços,” afirmou Margorete.

Aristeu Elias Ribeiro, da Fetaep e Jefrey Albert, da Faep, Sidemar Nunes, do Deser concordaram que as reclamações dos produtores são pelo aumento em 30% dos insumos em relação à safra passada. Segundo eles, há uma concentração do mercado e oportunismo exagerado dos fornecedores. “ Mesmo com a renda maior, o preço alto faz a expectativa do agricultor ir por água abaixo”, disse Albert.

Norberto Citon, da União Paranaense das Cooperativas da Agricultura Familiar e Economia Solidária- Unicafes, citou outro problema, o aumento de contrabando de agrotóxicos do Paraguai. “O produtor quer economizar e acaba usando fertilizantes sem procedência,”advertiu.

Fornecedores:

Segundo o deputado Welter, para as próximas reuniões serão convocados os fornecedores de agrotóxicos. “Queremos saber a razão do aumento do preço dos insumos”, antecipou o petista. A Comissão é composta por sete deputados e terá 120 dias para apresentar o relatório final. As reuniões serão sempre às quartas-feiras, às 10horas na sala Comissões da Assembléia Legislativa. Participam ainda na comissão os deputados Cleiton Kielse(relator), Luiz Eduardo Cheida, Francisco Bührer, do PMDB, Cida Borghetti, do PP e Rosane Ferreira,do PV.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink