Assinado protocolo de intenções com a Venezuela

Agronegócio

Assinado protocolo de intenções com a Venezuela

Acordo vai incentivar a cooperação técnica
Por:
2202 acessos
Acordo vai incentivar a cooperação técnica entre os países para acabar com a febre aftosa na América do Sul

O ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Wagner Rossi, assinou nesta segunda-feira, 6 de junho, um protocolo de intenções com o ministro da Agricultura e Terras da Venezuela, Juan Carlos Loyo, para a implementação de planos de erradicação da febre aftosa. O documento foi firmado na presença da presidente do Brasil Dilma Rousseff e do presidente da Venezuela, Hugo Chávez, em uma cerimônia realizada no Palácio do Planalto.


O acordo prevê a formação de um comitê técnico que vai elaborar, em 30 dias, um plano de ação para auxiliar no processo de eliminação da doença na Venezuela, que teve registros de casos de aftosa em 2010. Com o acerto, os dois países vão promover um maior intercâmbio de conhecimentos e de experiências para erradicar a enfermidade.

“Temos muito interesse em promover ações conjuntas de combate à aftosa, principalmente nas fronteiras, que são regiões de grande preocupação para o Brasil”, destaca o secretário de Defesa Agropecuária, Francisco Jardim.

A assinatura do termo foi um dos compromissos acertados pelos dois países no Memorando de Entendimento para Implementação de Planos de Erradicação da Febre Aftosa, estabelecido em 6 de agosto de 2010. As ações desenvolvidas serão complementares e não substituem outras atividades mutuamente acordadas.


Por parte do Ministério da Agricultura, o grupo será composto pelo Departamento de Saúde Animal da Secretaria de Defesa Agropecuária (SDA); Departamento de Fiscalização de Insumos Pecuários da SDA; Departamento de Negociações Sanitárias e Fitossanitárias da Secretaria de Relações Internacionais (SRI); e Coordenação-Geral de Apoio Laboratorial da SDA.

A Venezuela será representada por membros da Direção-Geral de Circuitos Agrícolas e Pecuários, Instituto Nacional de Saúde Agrícola e Instituto Nacional de Investigações Agrícolas.

Saiba mais

O acordo que envolve o Ministério da Agricultura faz parte de uma série de parcerias que estão sendo firmadas por Brasil e Venezuela com o objetivo de intensificar as relações bilaterais. Em 2010, o comércio entre os dois países totalizou US$ 4,6 bilhões, um crescimento de 11,8% em relação a 2009. As exportações brasileiras representaram US$ 3,8 bilhões desse total.


Os principais produtos vendidos pelo Brasil para a Venezuela são frango desossado e carne bovina, enquanto os venezuelanos exportam para o Brasil, essencialmente, petróleo e derivados. A Venezuela tem o terceiro maior produto interno bruto (PIB) da América do Sul e importa 75% dos alimentos que consome.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink