Atraso na colheita eleva preço do algodão

Agronegócio

Atraso na colheita eleva preço do algodão

Atraso na colheita de algodão no Centro-Oeste do país e na região oeste da Bahia tem dado suporte aos preços do algodão no mercado interno
Por:
327 acessos

O atraso na colheita de algodão no Centro-Oeste do país e na região oeste da Bahia tem dado suporte aos preços do algodão no mercado interno. "Os trabalhos estão atrasados em pelo menos um mês, em relação à safra anterior, por conta do clima e atraso no plantio", disse Miguel Biegai, analista de algodão da consultoria Safras&Mercado.

No mercado paulista, o algodão está cotado a R$ 1,19 a libra-peso. "Se a colheita estivesse em dia, as cotações estariam mais baixas", afirmou Biegai. Além do atraso na colheita, os leilões Pepro (Prêmio Equalizador Pago ao Produtor), realizados pela Conab (Companhia Nacional de Abastecimento), e a maior demanda das indústrias por causa do inverno também têm sustentados as cotações da pluma.

A produção de algodão no Brasil para esta safra 2008/09 está estimada entre 1,1 milhão e 1,15 milhão de toneladas, para uma área cultivada de 849 mil hectares. "Houve uma queda de área neste ciclo de 21% e possivelmente registraremos novo recuo para a próxima safra", disse.

Levantamento preliminar da Safras&Mercado indica que o plantio poderá cair 5% em 2009/10, para uma produção estimada em 1,06 milhão de toneladas. "A intenção de plantio hoje indica recuo porque os preços da soja estão mais atraentes", disse.

Segundo Biegai, há uma tendência dos produtores de algodão de migrar o plantio da pluma de áreas planas para regiões com maior altitude. "Essa alteração beneficia a cultura porque em regiões mais altas o ciclo de desenvolvimento da cultura é maior e a qualidade do fio melhora", afirmou. (MS)


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink