Atraso na moagem de cana-de-açúcar faz subir preço do etanol
CI
Agronegócio

Atraso na moagem de cana-de-açúcar faz subir preço do etanol

Abastecimento doméstico tem sido garantido pela safra velha
Por:
A entrada da nova safra de cana-de-açúcar está atrasada, com isso os preços do etanol sobem tanto para a indústria como para o consumidor final. Levantamento da Safras & Mercado revela que, até o último dia 10, 40% das usinas começaram a esmagar a matéria-prima do ciclo 2014/15, mas nenhuma distribuidora do biocombustível havia recebido novos lotes. Ou seja, o abastecimento doméstico tem sido garantido pela safra velha. A tendência é que o quadro de escassez dure até o fim desta semana, pois as chuvas do feriado atrapalham os trabalhos de colheita nas regiões produtoras do Brasil.


O atraso, somado ao aumento no consumo durante o feriado prolongado, puxaram para cima os preços do etanol, que vinham caindo. O litro do tipo anidro, que é misturado à gasolina, subiu 15% em quinze dias e é cotado atualmente entre R$ 1,55 e R$ 1,60 por litro na indústria. Nas bombas do Paraná, também houve aumento, de um centavo no preço médio pago pelo consumidor, conforme levantamento da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).


147 usinas de cana-de-açúcar estavam em atividade até o último dia 14, conforme levantamento da indústria. Nesta mesma data do ano passado, havia 155 empresas moendo a safra, que neste ano deve ficar em torno de 575 milhões de toneladas.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink