Audiência pública discute propostas para agrotóxicos

Agronegócio

Audiência pública discute propostas para agrotóxicos

Participaram da audiência representantes do setor produtivo de agrotóxicos e representantes de trabalhadores rurais
Por:
1540 acessos

Receba Notícias como esta por email

Cadastre-se e receba nossos conteúdos gratuitamente
Obrigado por se cadastrar
  • Enviamos a você um email de boas vindas para ativação de seu cadastro.

Participaram da audiência representantes do setor produtivo de agrotóxicos e representantes de trabalhadores rurais

Cerca de cem pessoas participaram nesta quinta-feira (3/11) da audiência pública que a Anvisa promoveu para discutir as propostas de regulação na área de agrotóxicos. A audiência tratou das Consultas Públicas 260, 261 e 262 de 2016. O evento foi dividido em três seções distintas, uma para cada tema das consultas abertas pela Agência.

Participaram da audiência tanto representantes do setor produtivo de agrotóxicos como representantes de trabalhadores rurais, que são os profissionais mais sensíveis à exposição a agrotóxicos. 

Temas tratados durante a audiência 

  • Diretrizes sobre informações toxicológicas para rótulos e bulas 
  • Critérios para classificação toxicológica 
  • Critérios para avaliação toxicológica 

Confira as apresentações feitas durante a audiência. 

Apresentação Avaliação Toxicológica

Apresentação Rótulo e Bula

Apresentação Classificação

O que muda? 

Além dos critérios para a avaliação e a classificação toxicológica de produtos agrotóxicos, as RDCs dispõem também sobre as informações de saúde que devem constar nos rótulos e bulas desses produtos. 

Atualmente, a norma que estabelece os parâmetros utilizados para a avaliação e classificação toxicológica dos agrotóxicos é a Portaria n° 03 de 1992. 

Por isso, a necessidade de revisão da portaria, considerando o avanço técnico-científico que ocorreu nesses 24 anos e com o objetivo de harmonizar os parâmetros de classificação do risco, em relação ao cenário internacional. 

O que inova? 

As inovações que as novas CPs trouxeram em relação à anterior é quanto à divisão em temas específicos que resultaram nas três propostas de Resolução (RDCs), assim como a harmonização dos parâmetros de classificação e rotulagem do Sistema de Classificação Globalmente Harmonizado, o GHS. 

O GHS é um sistema criado pelas Nações Unidas (ONU) e acordado internacionalmente para harmonizar as várias classificações e padrões de rotulagens de produtos químicos usados em diferentes países. 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink