Aumenta cota de milho para suinocultores de SC

Agronegócio

Aumenta cota de milho para suinocultores de SC

Por:
314 acessos

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) de Santa Catarina aumentou de 10 para até 27 toneladas o limite da cota de milho comercializada com suinocultores da região sul do Santa Catarina, através do Programa Vendas em Balcão. O produto é reservado a pequenos criadores rurais e da agroindústria de pequeno porte, que adquirem o grão em pequena escala para uso na ração animal. A medida atende a uma demanda apresentada no início deste mês, por representantes do governo estadual e pela prefeitura do município de Braço do Norte. A principal justificativa para o aumento da cota é o prejuízo que este grupo de produtores estão sofrendo com a crise no setor.Segundo o superintendente da Conab em Santa Catarina, Sione Lauro de Souza, o gasto com o transporte do milho também tem preocupado os suinocultores. "Na medida em que a cota não for mais suficiente para garantir a atividades destes pequenos produtores, a sua principal atividade econômica estará ameaçada, pois eles terão que comprar o milho de outras regiões do estado, onde o custo com o frete será muito alto."


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink