Aumento da demanda e preços firmes para a reposição
CI
Agronegócio

Aumento da demanda e preços firmes para a reposição

Boa situação das pastagens em SP e MS permite tempo na venda
Por:
A boa situação das pastagens, em São Paulo e Mato Grosso do Sul, permite que o produtor não tenha pressa em vender os animais.

Este fator, somado à crescente procura por animais de reposição próximos à terminação, mantém os preços firmes nestes estados, principalmente para as categorias citadas.

Porém, isto acabou diminuindo o volume de negócios em Mato Grosso do Sul.

Em São Paulo, o boi magro anelorado está cotado, em média, em R$1.240,00/cabeça, 1,6% mais em relação à semana anterior.

A demanda por este tipo de animais também começa a dar sinais de melhora em Mato Grosso e Goiás, mas houve apenas alterações pontuais nestas referências.

Em Rondônia, a situação é semelhante, mas as recentes chuvas têm atrapalhado os embarques dos animais.

No Rio Grande do Sul, o mercado continua aquecido. Houve valorização de 1,8% na média de todas as categorias pesquisadas.

Com o desmame da bezerrada, que geralmente começa em meados de abril, a oferta destes animais e o volume de negócios devem aumentar a partir da segunda metade deste mês.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.