Aumento dos preços internacionais e exportações brasileiras de açúcar em alta

Agronegócio

Aumento dos preços internacionais e exportações brasileiras de açúcar em alta

O Brasil exportou, no fechamento de setembro, 2,70 milhões de toneladas de açúcar, segundo o Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços.
Por:
310 acessos

O Brasil exportou, no fechamento de setembro, 2,70 milhões de toneladas de açúcar, segundo o Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços. Este foi o maior volume mensal dos últimos quatro anos.

Em relação ao mês anterior o incremento foi de 21% e frente ao mesmo período do ano passado, quando o país embarcara 1,41 milhão de toneladas, a alta foi ainda maior, de 90,9%

Ao que tudo indica, as exportações brasileiras de açúcar bruto devem seguir em alta em curto e médio prazos, consequência do déficit global e dos estoques mundiais enxutos. Quanto aos preços, na variação mensal a alta foi de 3,5%, passando de US$368,90 por tonelada exportada em agosto para US$381,72 por tonelada embarcada em setembro deste ano.

Na comparação com setembro de 2015 o preço do produto exportado está 29,4% maior. Os recuos na produção da Índia (segundo maior produtor e maior consumidor mundial) e da Tailândia (maior exportador mundial) devem seguir sustentando os do açúcar no mercado internacional. A seca deverá reduzir a produção de açúcar nestes países em 7,0% e 3,2%, respectivamente (USDA).
 


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink