Ausência de chuva prejudica desenvolvimento da safra no RS
CI
Imagem: Nadia Borges
PREJUÍZO

Ausência de chuva prejudica desenvolvimento da safra no RS

As lavouras mais atingidas são milho, feijão, trigo cevada e a produção de leite, gado e suínos
Por: -Aline Merladete

Os produtores do Rio Grande do Sul estão sofrendo com a falta de chuva e o calor excessivo. Pelo menos 63 cidades do noroeste gaúcho já declararam situação de emergência. Segundo estimativa da Emater municipal, os prejuízos já passam de 15 milhões de reais. As lavouras mais atingidas são milho, feijão, trigo cevada e a produção de leite, gado e suínos.

De acordo com as informações da assessoria de imprensa, a produtora Mara Motter conta que em 80 hectares a perda já é total. Ao todo, 50% de sua área destinada ao milho já foi comprometida por causa da seca. "O pico de florescimento e fecundação da planta já passou e mesmo que chova agora não iria resolver, ou seja em uma parte desta área não estamos usando nem mais secante." A produtora rural disse ainda que o milho seco e murcho que perdeu irá para a silagem dos animais após a fermentação com inoculante próprio e bom.

Em sua área de soja, mais prejuízos. A cultura ainda está em fase de germinação em uma época que deveria estar fechando linha no campo, ou seja, a seca está comprometendo também o desenvolvimento da soja.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink