Australiana Nufarm debate com distribuidores e cooperativas do RS as expectativas para a safra 2016-17

Agronegócio

Australiana Nufarm debate com distribuidores e cooperativas do RS as expectativas para a safra 2016-17

Evento com cerca de 150 participantes aconteceu em Bento Gonçalves
Por:
1199 acessos

Evento com cerca de 150 participantes aconteceu em Bento Gonçalves e marcou a introdução de uma nova tecnologia no Estado para as culturas de soja e feijão
 
A Nufarm Brasil, uma das líderes do setor de defensivos agrícolas, recebeu esta semana, em Bento Gonçalves, um grupo de distribuidores de insumos e cooperativas agropecuárias do Rio Grande do Sul. Denominado Nucoop, o evento foi voltado aos mercados de milho e soja na safra 2016-17, e também tratou de novas tecnologias para fomento à produtividade agrícola. As empresas convidadas foram recebidas pela liderança da Nufarm, uma companhia de origem australiana há 55 anos no Brasil.
 
De acordo com o diretor executivo de marketing da Nufarm, Vitor Raposo, ainda durante o encontro a companhia apresentou ao grupo de cooperativas e distribuidores uma nova plataforma estratégica para o Brasil. A Nufarm atuará nos próximos anos focada na inovação, na ampliação do portfólio de tecnologias da marca e na formação de novas parcerias comerciais. Participaram do evento cerca de 150 convidados.
 
“Este ano ficará marcado pela consolidação de parcerias importantes entre a Nufarm e um grupo de cooperativas e distribuidores rio-grandenses que está na vanguarda do agronegócio nacional”, celebrou Vitor Raposo, ao anunciar o lançamento do herbicida ZethaMaxx® no Estado, para as culturas de soja e feijão. “Trata-se de uma tecnologia revolucionária”, afirmou ele.
 
Raposo destacou ainda que a Nufarm quer ouvir às cooperativas e distribuidores rio-grandenses sobre como essas empresas avaliam as ferramentas disponíveis no País para acesso ao mercado de defensivos agrícolas. “A Nufarm planeja desenvolver novos modelos de negócios voltados a agricultores, cooperativas e revendedores que queiram estreitar sua relação com a nossa empresa”, reforçou o executivo.
 
Um passo importante nesse sentido, ressaltou Raposo, foi dado no mês de julho último, quando a Nufarm Brasil concluiu uma estruturação de captação em   Certificados de Recebíveis do Agronegócio (CRA), no valor de R$ 141,3 milhões.
 
“O montante advindo do CRA financiará tecnologias da Nufarm, bem como insumos distribuídos por outras empresas, junto a revendas agrícolas e produtores, nas safras 2016/17, 2017/18 e 2018/19. A meta da empresa é criar outras ferramentas do gênero, que nos permitam atender com excelência às cooperativas e distribuidores do Rio Grande do Sul”, concluiu Vitor Raposo.
 
Fundada na cidade de Melbourne, a Nufarm atua hoje em mais de 100 países. A empresa emprega em torno de 8 000 pessoas e comercializa um portfólio formado por 228 ingredientes ativos de alta tecnologia. No Brasil, a Nufarm mantém uma unidade fabril no município de Maracanaú (CE), além de oito centros de distribuição localizados nos estados da Bahia, Goiás, Rio Grande do Sul, Mato Grosso, Paraná, São Paulo e Tocantins. www.nufarm.com/BR 


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink