Autoridades seguem busca por outra nuvem
CME MILHO (DEZ/20) US$ 3,782 (-0,26%)
| Dólar (compra) R$ 5,23 (-0,18%)

Imagem: Pixabay

GAFANHOTOS

Autoridades seguem busca por outra nuvem

Senasa comemora resultados de aplicação na Argentina mas procura nova formação da praga
Por: -Eliza Maliszewski
670 acessos

Conforme o Portal Agrolink noticiou nesta segunda-feira (27) o Serviço Nacional de Saúde e Qualidade Agro-Alimentar (Senasa), do governo argentino, anunciou ter eliminado 80% da nuvem de gafanhotos na província de Entre Rios, há cinco horas de distância da fronteira com o Rio Grande do Sul. 

O órgão divulgou que as aplicações de inseticidas por terra e aéreo alcançaram bons resultados “quebrando” a nuvem de forma a que não volte a se desenvolver novamente.

Durante esta segunda-feira foram encontrados insetos vivos em pontos isolados do local e que podem formar novas nuvens. “"A praga, devido ao seu comportamento, tende a se reagrupar, razão pela qual é essencial continuar monitorando e controlando as ações, caso sejam detectados alguns gafanhotos espalhados", disse o coordenador do Senasa, Héctor Medina.

Agora segue a busca pela outra nuvem que entrou no Paraguai, com ações em Chaco e Formosa, por onde os insetos circulam desde a semana passada. O trabalho está sendo realizado em áreas de difícil acesso, nas proximidades do Parque Nacional El Impenetrável, para o qual, mais uma vez, é fundamental o trabalho dos sensores. Nesse sentido, a agência solicita que os produtores da área informem imediatamente as autoridades caso haja qualquer informação sobre a nuvem.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink