Avanço de ar frio pode trazer alívio no calor
CI
Imagem: Pixabay
AGROTEMPO

Avanço de ar frio pode trazer alívio no calor

Avanço de frente fria pelo Sul, promove chuvas fortes e diminuição no calor
Por: -Aline Merladete

Nesta quinta-feira (10/03) o avanço de uma nova frente fria na costa sul do país, vai causar um aumento nas instabilidades. Essas chuvas poderão ser na forma de fortes tempestades e causar eventuais transtornos. As instabilidades também ganham corpo no norte do Nordeste, com volumes que poderão superar os 70 mm ao longo do dia. E quem promove essa condição é a maior aproximação da Zona de Convergência Intertropical (ZCIT), na região. 

Apesar dessas chuvas intensas nos extremos do país, em algumas áreas do leste do centro-oeste, metade sul do nordeste e metade norte do sudeste, a presença de um bloqueio atmosférico já atrapalha o desenvolvimento das lavouras na região. 

Apesar da boa disponibilidade de água no solo, ainda em decorrência das chuvas volumosas de Fevereiro, o tempo mais seco e quente vem diminuindo essa umidade. Há previsão para chuvas em alguns pontos, mas de maneira muito irregular e com baixos volumes.

Saiba como fica o tempo em cada região: 

Confira a plataforma completa de mapas aqui.
Saiba  a previsão para a sua cidade aqui.

Região Norte
Uma mudança no padrão dos ventos, diminui as condições para chuvas sobre algumas partes da região, por outro lado a aproximação do corredor de umidade pelo norte, garante chuvas intensas em alguns pontos. As instabilidades ficam mais irregulares sobre o leste e centro do AM, oeste do PA e RR. Ainda chove bem sobre o AC, RO e TO, mas com volumes inferiores aos dias anteriores. Sobre o AP, Ilha de Marajó e nordeste do PA as instabilidades podem ser fortes e superar a marca dos 50 mm no decorrer do dia. 

Região Nordeste
A maior aproximação do corredor de umidade pelo norte da região, aumenta ainda mais as condições para chuvas. Este corredor de umidade, também conhecido como Zona de Convergência Intertropical, vai promover condições para chuvas fortes sobre o norte do PI, norte do MA e noroeste do CE. Os volumes previstos, na média das projeções, apontam para acumulados superiores aos 70 mm no decorrer do dia, especialmente entre o norte do PI e o nordeste do MA. Apesar disso, na parcela sul da região, a influência de um bloqueio atmosférico, continua dificultando a formação de nuvens carregadas. Portanto, sobre grande parte da BA, sudeste do PI e PE o tempo será mais seco. No litoral leste da região, as chuvas até podem ocorrer mas de maneira fraca e passageira.

Região Centro-Oeste
A tendência é de que as instabilidades fiquem mais irregulares sobre a região, especialmente no centro do Centro-Oeste. Apesar disso, as chuvas continuam frequentes e bem distribuídas sobre a metade norte do MT e também ao sul do MS, devido à influência de uma frente fria que atuará na região sul. Entretanto, sobre a metade norte do MS, leste do MS e grande parte do GO, a tendência é de pancadas isoladas e mal distribuídas. No leste do GO, o predomínio será de tempo seco, sem condições para chuvas. 

Região Sudeste
A situação de bloqueio atmosférico ainda persiste sobre a região, especialmente na parcela central. Contudo, o forte fator termodinâmico (calor e umidade) em conjunto com as instabilidade de altitude, podem resultar em nuvens carregadas nesta quinta-feira. Em especial sobre a metade norte de MG e ES, mas ainda seguindo um padrão bastante irregular e baixos volumes. Por outro lado, ao sul de SP, a aproximação das instabilidade resultantes de uma frente fria, poderá gerar chuvas mais generalizadas, mas restrito às áreas de divisa no sul paulista. Em toda a região, nas áreas de chuvas, as projeções indicam volumes entre 5 e 10 mm, e o calor ainda persiste.

Região Sul
O desenvolvimento de uma nova frente fria no oceano vai contribuir para a manutenção das instabilidades sobre a região. Inclusive, com o maior aporte de umidade vinda da região norte, as chuvas poderão ser mais generalizadas, assim como os eventos de chuvas mais intensas. Há potencial para temporais localmente fortes sobre boa parte do estado do RS, essas instabilidades poderão causar eventuais transtornos em decorrência dos grandes volumes ocorrendo em curtos períodos de tempo. Na média das projeções, há localidades no sudoeste, oeste e nordeste do RS que podem registrar volumes acima dos 50 mm no decorrer do dia. Também chove de maneira bem distribuída sobre SC e PR, porém com volumes inferiores aos previstos para o RS. Pode vir alívio nas temperaturas, especialmente na metade sul do RS, mas distante de ser uma massa de ar muito fria. 

Veja os mapas destaques para hoje:

Chuva

Temperatura Máxima

Umidade Mínima

 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.