Baixa movimentação no mercado do boi gordo

Agronegócio

Baixa movimentação no mercado do boi gordo

O aquecimento sazonal da demanda neste fim de ano será fundamental para decidir o rumo do mercado
Por:
1037 acessos

Após uma semana com queda de preços, o mercado do boi gordo iniciou a segunda semana de novembro com preços andando de lado na maioria das regiões pesquisadas pela Scot Consultoria. A valorização nos preços da carne com osso no atacado e a queda do preço da arroba em São Paulo na última semana fazem com que as indústrias trabalhem com margens acima da média histórica.

Contudo, os frigoríficos têm trabalhado com compras pontuais. O lento escoamento da carne no atacado regula a demanda das indústrias, que tentam impor pressão baixista para o boi gordo. Há, inclusive, indústrias testando o mercado e ofertando valores abaixo da referência.

Parte das plantas trabalha com ociosidade elevada (cenário comum em 2016) o que colabora com estoques enxutos e permite a valorização da carne no mercado atacadista. Com as margens de comercialização mais atraentes, fica agora a expectativa de como os frigoríficos se comportarão em curto prazo.

O aquecimento sazonal da demanda neste fim de ano será fundamental para decidir o rumo do mercado. 


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink