Banco do Brasil facilitará o acesso ao crédito rural


Agronegócio

Banco do Brasil facilitará o acesso ao crédito rural

Por:
3 acessos

O superintendente do Banco do Brasil (BB) no Rio Grande do Sul nos últimos dois anos, Dercí Alcantara, assume nesta segunda-feira, em Brasília, a diretoria de agronegócios da instituição. Alcantara toma posse com a idéia de desburocratizar o acesso ao crédito rural do BB, principal agente financiador da agricultura. "Acredito que é preciso simplificar o acesso ao crédito para também ampliar o número de beneficiados" afirma Alcantara, filho de agricultores da cidade gaúcha de Três de Maio, município inserido em uma região tradicionalmente produtora de grãos.

O novo diretor de agronegócios do BB avalia que foi escolhido para o cargo pelo histórico de conhecimento da área e por sua gestão no Rio Grande do Sul, onde nos últimos dois anos dobrou os valores emprestados ao setor primário, atingindo a cifra de R$ 1 bilhão.

Inadimplência baixa

"O Rio Grande do Sul é o estado que mais recebe financiamentos para a agricultura por meio do BB", afirma. No ano passado, 32% do total de operações rurais do banco foram registradas no estado, o equivalente a 18,65% do volume de recursos liberados. "Também tivemos o menor índice de inadimplência da história", destaca. Ele informa que o setor foi o responsável pelo superávit de aproximadamente US$ 20 bilhões da balança comercial brasileira, Alcantara considera que "o agronegócio é hoje o maior desafio do banco". Em tempos de Fome Zero, diz, o BB precisa ser um incentivador do incremento da produção nacional de alimentos. "Temos mais 90 milhões de hectares de fronteira agrícola para serem abertos, sem agredir as nossas matas."

Alcantara, porém, prefere não detalhar as suas idéias para o cargo. Ele diz que ainda precisa tomar pé da situação nos demais estados, fazer uma análise mais profunda para ter um diagnóstico completo da situação do crédito rural do BB e tomar conhecimento das orientações do governo federal sobre a forma como o banco deve atuar. "Vamos trabalhar afinados com os ministérios da Agricultura e do Desenvolvimento Agrário."

Dercí Alcantara, que substitui Biramar Nunes de Lima, tem 47 anos e é funcionário do BB desde 1975. Ao longo de sua carreira, foi gerente em agências do Rio Grande do Sul, ocupou o mesmo cargo de superintendente no Paraná entre 1996 e 1998 e foi diretor da Previ, o fundo de pensão dos funcionários. Alcantara é formado em administração de empresas, com mestrado na mesma área e pós-graduação em finanças.

Anúncios que podem lhe interessar


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink