Banco do Brasil financia R$ 40 milhões no Show Rural Coopavel


Agronegócio

Banco do Brasil financia R$ 40 milhões no Show Rural Coopavel

Por:
1 acessos

O Banco do Brasil financiou ontem (19-02) R$ 40 milhões, com média de R$ 40 mil por financiamento no Show Rural Coopavel, em Cascavel, no Paraná. O BB é um dos participantes da feira, que iniciou na segunda-feira e vai até sexta. Na terça-feira, a instituição contratou 439 operações no valor de R$ 12,5 milhões com habilitação de 300 propostas no Balcão de Agronegócios. O total do público de ontem foi de 29 mil pessoas, segundo a organização do evento.

O setor de máquinas e equipamentos agrícolas, que continua com a demonstração das unidades na feira, vem registrando bons negócios. Semeadeira de 30 linhas, graneleiro para armazenagem a campo de grãos e equipamento adaptado a tração de trator convencional foram alguns dos destaques. A Agrale, que expõe pela primeira vez sua linha de tratores no Show Rural Coopavel, destaca os modelos médios 5075.4 e 5085.4. Recentemente lançados no mercado brasileiro, eles aumentaram a oferta da montadora no segmento intermediário, estendendo a potência da linha 5000 para até 85 cv.

Os dois tratores são equipados com motor MWM D229-4, sendo que o modelo 5075.4 possui potência de 75 cv a 2.400 rpm e o 5085.4 vem com 85 cv a 2.300 rpm. Projetados especificamente para serem operados na agricultura, eles contam com sistema hidráulico com capacidade de levante de 2.600 kg. Na Coopavel, a linha 6000 da Agrale estará representada pelo BX 6.150, com novo sistema hidráulico com capacidade de levante de 4.500 kg. O trator é equipado com motor MWM turboalimentado, com 135 cv de potência, e caixa de câmbio totalmente sincronizada com 12 velocidades à frente e quatro à ré.

A direção da Camagril, revendedora Massey Fergunson, está comemorando o volume de vendas de máquinas e implementos agrícolas efetuadas no Show Rural Coopavel. "Essa é uma grande oportunidade de negócios, especialmente por causa de uma série de facilidades que estão sendo oferecidas", comenta Luiz Carlos Giordani, um dos responsáveis pelo estande da Camagril.

A feira é uma alternativa para o setor tentar se recuperar da queda de 35% nas vendas no mês de janeiro, segundo a Associação Nacional de Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea). Para os próximos meses, o governo pode liberar R$ 1 bilhão para o programa Moderfrota. O novo aporte de verba será apreciado pelo Conselho Monetário Nacional, que se reúne dia 27. O Plano Agrícola 2002/03 previa R$ 1 bilhão ao programa e o governo autorizou no segundo semestre de 2002 mais R$ 790 milhões. Porém, a indústria informa que os recursos já foram consumidos. O programa responde por aproximadamente 90% das vendas de máquinas agrícolas, que somaram 46 mil unidades em 2002.

Na área de agroquímicos, a Bayer com a TeeJeet e Coodetec estão apresentando um circuito de testes para evitar perdas e aplicações inadequadas de seus produtos. Técnicos dessas empresas mostram a possbilidade de economizar com defensivos e ter maior responsabilidade com o meio ambiente. Equipamentos simples e formas práticas de aferição possibilitam ao agricultor benefícios quando bem aplicado, respeitando velocidade, horário e pontas adequadas de pulverizadores.

Anúncios que podem lhe interessar


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink