Banco do Brasil libera R$ 653 milhões para o arroz no plano safra 2004/2005

Agronegócio

Banco do Brasil libera R$ 653 milhões para o arroz no plano safra 2004/2005

Por:
1 acessos

A um dia do início da 15ª Abertura Oficial da Colheita do Arroz, a gerência de Mercado Agronegócio do Banco do Brasil no estado divulgou os mais recentes resultados do plano safra 2004/2005 relativos ao setor orizícola. No total foram R$ 653 milhões liberados, entre recursos para o custeio e Cédulas de Produto Rural(CPR).

Foram mais de 10 mil produtores atendidos pelas linhas de crédito do BB, que representam 432,1 mil hectares financiados, 41% dos 1,04 milhão de hectares plantados no Rio Grande do Sul. As estimativas apontam para resultado de 5,6 milhões de toneladas de grãos.

O custeio apresentou crescimento da ordem de 15%, o que em números representa uma liberação de R$ 562 milhões - R$ 77 milhões a mais que no ano-safra anterior. Já o volume de negócios com CPR cresceu 59,6% em relação ao plano safra 2003/2004. Passou de R$ 57 milhões para R$ 91 milhões.

A Abertura Oficial da Colheita é uma promoção da Federarroz com realização da Associação dos Agricultores de Dom Pedrito (AADP). Valmir Pedro Rossi, superintendente Estadual do Banco, foi escolhido pela Federarroz, junto com mais sete personalidades do agronegócio, para receber o prêmio Homem do Arroz, que será entregue durante a feira, no sábado.

Nesta edição, será realizado o Super Dia John Deere. A montadora de máquinas negociará seus produtos com os agricultores em visita à exposição. O BB é o único agente financeiro da promoção e financiará as compras através do Moderfrota, com fundos do BNDES.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink