Agronegócio

Banrisul autoriza renegociação de dívidas dos arrozeiros

Federarroz recomenda que produtores procurem agências para encaminhar os pedidos
Por:
4824 acessos

Federarroz recomenda que produtores procurem agências para encaminhar os pedidos

Os produtores de arroz que possuem seus financiamentos com o Banco do Estado do Rio Grande do Sul (Banrisul) e que foram atingidos pelos problemas climáticos na última safra podem renegociar seus financiamentos. A definição que autoriza renegociação foi firmada em reunião nesta sexta-feira, dia 22 de julho, entre a Federação das Associações de Arrozeiros do Rio Grande do Sul (Federarroz) e a Superintendência de Agronegócios do banco.

A indicação, a partir de agora conforme o diretor executivo da Federarroz, Anderson Belloli, é de que os produtores procurem as agências bancárias de forma a efetuar as renegociações dentro das normas estabelecidas pela resolução número 4.504, aprovada pelo Conselho Monetário Nacional (CMN) no final do mês de junho. ""O produtor precisa buscar as agências para concretizar as renegociações. Mesmo aqueles produtores que tem parcelas vencidas de junho e de julho devem buscar as agências para a realização das negociações", salienta.

Nesta semana, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) autorizou, por meio de circular, que os agentes de fomento e bancos públicos e privados efetivem as negociações das parcelas de investimento de produtores de arroz. Sem a normativa, muitos agentes não estavam cumprindo a resolução aprovada pelo CMN. Os arrozeiros que tiverem dificuldades com as negociações podem procurar a Federarroz para esclarecimentos.

Texto: Nestor Tipa Júnior/AgroEffective
 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink