BASF alerta para perda de produtividade no canavial causada pela ferrugem alaranjada

Agronegócio

BASF alerta para perda de produtividade no canavial causada pela ferrugem alaranjada

A ferrugem alaranjada pode causar perdas de até 50% em toneladas de cana por hectare
Por:
821 acessos

Levantamento feito pelo Instituto Agronômico (IAC) em uma área de 6,11 milhões dos 9,5 milhões de hectares de cana do Centro-Sul do Brasil apontou que a falta de investimento na renovação do canavial elevou a idade média das plantações para 3,6 anos. O estudo, realizado em 217 usinas e destilarias, que representam aproximadamente 66% da região Centro-Sul, também mostrou que a área que contempla os plantios novos com cana-de-açúcar alcançou, até meados de dezembro, 10,6% do total cultivado em 2016, podendo chegar a 12% até o fechamento do ano safra em março de 2017.   
 
Aumentar a produtividade dos canaviais passa pela renovação da lavoura, utilizando variedades com boas características agronômicas, mudas sadias e tratos culturais. Outro manejo importante é o controle químico de forma preventiva. Nesse contexto, a ferrugem alaranjada é uma das doenças que mais impacta na produtividade. Se não for corretamente controlada, ela pode causar perdas de até 50% em toneladas de cana por hectare e de até 20% no teor de açúcar da planta. 
 
A BASF, empresa química líder em inovação, oferece o fungicida Opera® que tem como objetivo o controle da ferrugem alaranjada e de outras importantes doenças. A solução também promove efeitos fisiológicos positivos que incrementam o rendimento do cultivo, como aumento do teor de açúcar e maior vigor nas plantas. Esses ganhos de produtividade e qualidade do canavial se devem ao efeito AgCelence®, tecnologia da BASF relacionada aos resultados do efeito fisiológico positivo que a molécula F500 promove nas plantas.
 
“Produto com tecnologia AgCelence® vem para auxiliar na retomada do aumento da produtividade e consequentemente na redução de custos, dois dos maiores desafios do setor sucroenergético“, ressalta Cristiano Peraceli, gerente de Marketing de Cana da BASF.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink