Basf amplia investimentos em biotecnologia no Brasil

Agronegócio

Basf amplia investimentos em biotecnologia no Brasil

Investe cerca de € 150 milhões anuais em pesquisas
Por: -Leonardo Gottems
3276 acessos

Não é apenas o mercado brasileiro de defensivos que atrai a gigante Basf. A multinacional está ampliando seus investimentos em biotecnologia no País, e já desenvolve uma cultivar de soja tolerante a herbicidas para a safra 2015/16, em parceria com a Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária). 


A variedade é chamada de "Cultivance" e já está aprovada para o plantio comercial no Brasil há cinco anos. No entanto, a chegada da semente transgênica aos campos foi atrasada aguardando o aval de importadores. “Preferimos esperar a aprovação dos compradores. A China já liberou, mas ainda falta a Europa, o que esperamos que aconteça ainda este ano”, afirmou Peter Eckes, presidente da Basf Plant Science.


A divisão comandada por Eckes investe cerca de € 150 milhões anuais em pesquisas na área de biotecnologia. Porém, a Basf Plant Science opta por estabelecer associações com parceiro do segmento para comercializar as sementes diretamente no mercado.
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink