Basf apresenta soluções para doenças dos cafeeiros na Expocafé

Agronegócio

Basf apresenta soluções para doenças dos cafeeiros na Expocafé

Empresa levará ao evento as mais eficazes ferramentas de controle de doenças e pragas
Por: -Admin
18 acessos

A Basf, fabricante de defensivos agrícolas é presença confirmada na Expocafé 2007, que acontece a partir desta quarta-feira (20-06) com término nesta quinta, em Três Pontas (MG). Com o objetivo de auxiliar o cafeicultor, a empresa levará ao evento as mais eficazes ferramentas de controle de doenças e pragas.

A Basf disponibilizará informações sobre o Cantus, um de seus principais fungicidas de alta tecnologia que combate eficazmente doenças do cafeeiro. Uma equipe de técnicos e agrônomos também irá fornecer informações sobre pragas e doenças que atingem a cafeicultura e as práticas adequadas para combatê-las, a fim de obter uma alta produtividade.

“A aplicação do fungicida Cantus, além da reconhecida eficiência no controle das doenças do cafeeiro, agrega à produção os benefícios de uma maior qualidade do grão e à bebida, valorizando ainda mais o produto final”, completa Marcelo Gardel, gerente de Cultura Café da Basf.

O produto, segundo Gardel, atua com alta eficácia no combate Mancha-de-Phoma e Mancha-de-Ascochyta, duas das principais doenças do café no Brasil. A ação do produto age em todos os estágios de desenvolvimento e reprodução do fungo como na germinação dos esporos, desenvolvimento e penetração dos tubos germinativos, crescimento micelial e esporulação. Além disso, o Cantus promove maior período de controle, sendo ideal para o manejo de resistência.

Além do Cantus, a Basf disponibilizará aos cafeicultores informações sobre o fungicida Opera, que previne e combate a ferrugem e a cercosporiore; o Opus SC, que auxilia no manejo da ferrugem, e sobre o inseticida Counter 150G, que combate o bicho-mineiro-do-café e a cigarra-do-cafeeiro.

“Hoje, é comum os agricultores comprarem produtos específicos para controlar determinadas doenças. Com os desses defensivos é possível promover o controle integrado e mais eficaz das doenças, proporcionando aos produtores rurais melhor qualidade para seus produtos e maior rentabilidade“, afirma Marcelo Gardel. As informações são da assessoria de imprensa da Basf.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink