Basf detecta primeiro foco de ferrugem asiática em São Paulo

Agronegócio

Basf detecta primeiro foco de ferrugem asiática em São Paulo

Com o auxílio de uma unidade de Minilab da Basf, foi confirmado o primeiro foco de ferrugem asiática da soja no estado
Por: -Redação
46 acessos

Com o auxílio de uma unidade de Minilab da Basf, foi confirmado o primeiro foco de ferrugem asiática da soja no estado de São Paulo, em uma propriedade comercial localizada no município de Itaberá, sudoeste do estado.

Amostras de folhas suspeitas foram encaminhadas, no último dia 14, à Unidade Basf de Monitoramento de Doenças (Minilab), instalada na revenda Agroplens, onde foi comprovada a primeira incidência da ferrugem em lavoura comercial na região.

Após a confirmação, a amostra foi encaminhada e registrada pela Embrapa, no Sistema Nacional de Alerta de Ferrugem. A lavoura, que teve o plantio em 18 de setembro, utiliza a cultivar Coodetec 216, e estava no início da floração (R1) quando foi detectada a doença. As informações são da assessoria de imprensa da Basf.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink