BASF lança dispositivo que auxilia na identificação de produtos falsificados

Agronegócio

BASF lança dispositivo que auxilia na identificação de produtos falsificados

DAF – Dispositivo Antifalsificação apresenta elementos de segurança que asseguram ao agricultor a autenticidade dos produtos
Por: -Janice
1227 acessos
Comprometida com a sustentabilidade da agricultura brasileira e com o objetivo de diminuir os riscos para seus clientes e fortalecer a segurança de seus produtos, a BASF, uma das maiores empresas de defensivos agrícolas do país, apresenta ao mercado um novo Dispositivo Antifalsificação – DAF.

Os defensivos agrícolas são alvos frequentes dos falsificadores, como é o caso dos inseticidas Standak® e Regente® e do fungicida Opera®. Com uma tecnologia pioneira, o DAF apresenta elementos de segurança que asseguram ao produtor a autenticidade desses produtos, sendo de fácil diferenciação: o lacre é alaranjado no inseticida Standak® e no fungicida Opera®, já no inseticida Regente® é apresentado na cor azul.

Desde 2004 a BASF realiza, em parceria com o SINDAG – Sindicato Nacional da Indústria de Produtos para Defesa Agrícola, uma intensa campanha contra falsificação para incentivar a conscientização dos produtores rurais quanto aos riscos e prejuízos causados pelos falsificadores. “A BASF tem investido maciçamente em novas tecnologias para promover maior segurança aos seus produtos e tranqüilidade aos seus clientes. A primeira iniciativa da empresa foi modificar as embalagens dos produtos, em seguida foi criado o Lacre Catraca, Selo Interno, Rótulo-bula, entre outras melhorias”, explica Willi Peter Nass, Diretor de Operações Regionais e Manufatura para a América Latina.

Nas últimas safras foi constatado um aumento significativo do uso de defensivos falsificados, só em 2008, foram apreendidos mais de 500 toneladas de agrotóxicos ilegais nos principais estados produtores do país. “Os falsificadores aproveitam momentos vulneráveis dos agricultores para seduzi-los com a oferta de insumos agrícolas a custos mais baixos. Com investimentos em inovação e tecnologia de ponta, o novo DAF faz parte do Sistema de Rastreabilidade dos produtos, dessa forma o dispositivo assegura a legitimidade e a procedência dos defensivos agrícolas”, diz Nass.

O novo DAF terá quatro itens que irão auxiliar na proteção de produtos dos falsificadores, são elas: microcortes, microimpressão, selo metalizado e lanterna UV:

• Microcortes são pequenas fissuras circulares e cortes lineares que na tentativa de remoção faz com que o lacre seja danificado. O novo DAF é produzido com material especial que não descola completamente, mantendo resíduos no frasco.
• Microimpressão dificulta a reprodução, pois dispõe de logomarcas da BASF, que são de fácil visualização com o auxílio de uma lupa.
• O Selo Metalizado é disposto no mesmo nível do lacre e incorporado a ele. O selo não é um adesivo e não deve estar em alto-relevo.
• Iluminando o novo DAF com uma Lanterna UV (ultravioleta) é possível verificar pequeníssimas fibras e pontos dispostos aleatoriamente por toda extensão do dispositivo.

Com o novo DAF o distribuidor e o produtor poderão ver a data efetiva de envase do produto pelo hotsite www.agro.basf.com.br. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 0800 0192-500.
As informações são da assessoria de imprensa da Basf.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink