BASF marca presença no IV Congresso Brasileiro de Tomate Industrial

Agronegócio

BASF marca presença no IV Congresso Brasileiro de Tomate Industrial

Evento será realizado em Goiás, maior estado produtor do cultivo no País
Por:
2329 acessos
Companhia apresentará os benefícios AgCelence® para a hortifruticultura
A BASF participará entre os dias 17 e 19 de novembro do IV Congresso Brasileiro de Tomate Industrial, em Goiânia (GO). O evento, direcionado para o aprimoramento técnico e científico da produção, fabricação e distribuição do tomate industrial, reunirá cerca de mil pessoas, entre agricultores, técnicos e agrônomos.

No Congresso, a BASF divulgará os benefícios AgCelence® para a Hortifruticultura, como o fungicida Cabrio Top®, que ajuda a proporcionar maior produtividade na colheita de tomate, e o fungicida Cantus®, complemento de ação para o controle efetivo da pinta-preta. “O público ainda poderá conhecer e comprovar os resultados desses produtos por meio da demonstração de produtividade e rentabilidade”, diz o gerente de Marketing de Hortifruti da BASF no Brasil, Walter Jacobelis Junior.

Os agricultores também poderão conferir os inseticidas Focus® WP, indicado para o controle de importantes insetos sugadores, como mosca-branca e pulgão; Pirate® recomendado para o controle da traça-do-tomateiro; e Forum®, específico para o controle da requeima do tomate. Além disso, haverá apresentação técnica dos resultados da Solução Integrada, com demonstração do serviço Digilab e Yield Max para a cultura de tomate.

A ferramenta Digilab auxilia o agricultor na identificação precisa dos sintomas das principais doenças em diferentes culturas, por meio de um microscópio digital que captura a imagem, aumentando-a em até 200 vezes. O aparelho utiliza uma biblioteca virtual de saúde vegetal para consulta e comparação das imagens capturadas, além de contar com o suporte técnico de pesquisadores que compõem a comunidade Digilab por meio de chats de discussão.

Já o sistema Yield Max conta com uma estação meteorológica que, além de identificar as condições climáticas, como volume de chuva e temperatura, também indica o período em que a folha de um determinado cultivo permaneceu molhada devido à ocorrência de chuvas e orvalho, variável essencial para determinação das condições ideais para o desenvolvimento de determinadas doenças. Para a cultura de tomate, o sistema monitora a requeima e pinta preta.

Entre os organizadores do evento, que ocorre no maior estado produtor de tomate industrial do País, estão Embrapa, Universidade Federal de Goiás (UFG), Secretaria da Agricultura, Pecuária e Abastecimento do Estado de Goiás (Seagro) e Governo do Estado.

Serviço

IV Congresso Brasileiro de Tomate Industrial
Local: Centro de Cultura e Convenções de GoiâniaEndereço: Rua 4, nº 1400 - Centro (Avenida Tocantins com a Avenida Paranaíba) – Goiânia (GO)
Período: de 17 a 19 de novembro
Horário: dias 17 e 18: das 8h30 às 19h; dia 19: das 8h30 às 18h
Site: http://www.congressotomate.com.br/2010/index.php

As informações são da assessoria de imprensa da BASF.
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink