Batata entra na lista de bônus do PGPAF devido o grande estoque
CME MILHO (DEZ/20) US$ 4,046 (0,55%)
| Dólar (compra) R$ 5,60 (-0,69%)

Imagem: Eliza Maliszewski

PGPAF

Batata entra na lista de bônus do PGPAF devido o grande estoque

Estoques elevados de batata em Goiás reduziram os preços pagos ao produtor para o valor médio de mercado de R$ 38 a saca
Por:
17 acessos

Os estoques elevados de batata no estado de Goiás reduziram os preços pagos ao produtor para um valor médio de mercado de R$ 38 a saca de 50kg. Pelo benefício do Programa de Garantia de Preços para a Agricultura Familiar (PGPAF), o agricultor vai poder abater 2,71% nas prestações do financiamento do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf).

A lista com os 10 produtos que ficaram abaixo do preço de garantia estabelecido pelo governo federal e foram contemplados com os bônus está na portaria publicada no Diário Oficial da União, com validade a partir de 10 de outubro até 9 de novembro. O cálculo do prêmio é feito pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), com base no valor médio praticado pelo mercado em setembro.

O preço de garantia da saca de 50 kg de batata equivale a R$ 39,06, justificando o bônus de 2,71%. A situação dos demais produtos para alcançar o benefício do prêmio segue a mesma dinâmica, seja pelo baixo consumo ou pelo período de safra abundante, com reflexo na redução dos preços.

É o que ocorre com a castanha de caju que está no pico da safra, impactando na redução do preço de venda, o que resulta em elevados bônus para o produto. No Maranhão, o produtor vai receber 44,72%, em Pernambuco, 40,95%, e no Piauí, 31,66%, para um preço médio de mercado entre R$ 2,20 e R$ 2,72 enquanto que o de garantia está estabelecido em R$ 3,98/kg para os três estados.

A laranja no Pará, também no pico de safra, justifica o bônus de 4,7% sobre o produto. A caixa de 40,8 kg da fruta foi comercializada em setembro por um preço médio de mercado de R$ 14,80 enquanto que o de garantia está em  R$ 15,53.

Também foram contemplados na lista de produtos do PGPAF a banana (ES, PB, PE e GO), o feijão caupi (BA), a mamona em baga (CE), a raiz de mandioca (ES), a batata (GO), a castanha de caju (MA), o açaí (AC), a borracha natural (TO e BA) e o mel de abelha (PB, PI, PR, SC e MS).

A Conab calcula mensalmente os bônus sobre aqueles produtos cujos preços de comercialização encontram-se abaixo dos preços de garantia. O benefício do programa é utilizado pelo agricultor como desconto nas parcelas de financiamento do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf).

Clique aqui e acesse a lista completa dos produtos com os percentuais de descontos.

Anúncios que podem lhe interessar


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink