Batata teve aumento de 23,94%
CI
Imagem: Eliza Maliszewski
ALTAS

Batata teve aumento de 23,94%

Hortaliça puxa alta de preços no fim de ano
Por: -Aline Merladete

Os acompanhamentos da ceia de Natal estão mais caros. No caso da batata, os  aumentos chegaram a 23,94%, em Fortaleza/CE, e 62,25%, em Brasília/DF. O comportamento deve-se especialmente à baixa disponibilidade de batata no mercado. Os preços só estiveram mais baixos no mês de setembro, pela grande oferta do produto neste período. Isso porque a redução de áreas a serem colhidas, devido ao clima quente naquele mês, encurtou o ciclo de produção e o tubérculo acabou encarecendo.

De acordo com o 12º Boletim Prohort, divulgado nesta quarta-feira (16), pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), as hortaliças, como batata e cebola, tiveram alta de preços no último mês, segundo o 12º Boletim Prohort, divulgado nesta quarta-feira (16), pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

Nos meses seguintes, a oferta começou a cair. Na comparação de outubro com setembro, a oferta de batata nas Ceasas analisadas foi cerca de 10% menor. Esta queda foi ainda maior (20%) na comparação entre novembro e setembro. O movimento foi mais intenso nos estados de São Paulo e de Goiás. Neste último, a safra está praticamente encerrada.

Em São Paulo, o volume de batatas enviado ao mercado em outubro e novembro caiu em torno de 45% e 55%, respectivamente. A redução da safra de inverno não foi compensada pelo início da safra das águas, mesmo com o aumento expressivo da oferta do Paraná, um dos principais estados fornecedores neste período e que intensificará a oferta a partir de janeiro.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink