Bayer joga as fichas no algodão transgênico

Agronegócio

Bayer joga as fichas no algodão transgênico

Por:
1 acessos
A Bayer CropScience se prepara para comercializar algodão transgênico no Brasil, assim que o governo brasileiro liberar o produto e tornar claras as regras para plantio e comercialização de organismos geneticamente modificados (OGMs) no país. "A idéia é que tenhamos a regulamentação clara para os OGMs para que possamos vender as sementes", reiterou Marc Reichardt, presidente da multinacional no Brasil e no Mercosul.


As primeiras variedades que deverão entrar no país serão as sementes resistentes a herbicidas. Em um segundo momento, as variedades Bt, tolerantes a insetos. Uma vez aprovada a regulamentação, o executivo disse que a empresa entra com pedido de registro e adaptação das variedades de algodão transgênico para a comercialização no país. Todo o processo demoraria no máximo dois anos.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink