BB deve orientar gerentes sobre liberação de crédito para orizicultores
CI
Agronegócio

BB deve orientar gerentes sobre liberação de crédito para orizicultores

Crédito emergencial é destinada a gaúchos que tiveram prejuízo por causa da chuva
Por: -Marianna
Após meses de negociações e inúmeras reuniões do deputado Luis Carlos Heinze (PP-RS) com diretores do Banco do Brasil e outras instituições financeiras, a Linha de Crédito Emergencial criada no âmbito do Produsa para ajudar os produtores de arroz do Rio Grande do Sul que tiveram prejuízos por causa das fortes chuvas, está prestes a ser efetivamente implementada.

Nesta quarta-feira (28), em contato com o parlamentar, o diretor de agronegócios do BB, José Carlos Vaz, informou que na quinta-feira (29), todas as agências do banco serão orientadas sobre os procedimentos para concederem empréstimos aos orizicultores gaúchos.

Heinze destaca que, enfim, o entendimento sobre as normas que criaram a linha especial foi unificado. “Entre as orientações a serem repassadas aos gerentes está a de que o recurso a ser emprestado aos produtores servirá para pagar as despesas da safra perdida (2009/2010), inclusive de custeios”, evidencia.

No entanto, o deputado ressalta que para as propostas serem enviadas ao BNDES, depende ainda da publicação de uma portaria governamental autorizando a equalização dos juros. “Há uma burocracia e lentidão muito grande. Agora ainda falta o governo fazer a sua parte para concluir essa história e ajudar os produtores gaúchos”, critica.
CRITÉRIOS - Poderão se beneficiar do recurso, no limite individual de até R$ 600 mil sem ultrapassar R$ 2,5 mil por hectare, os produtores que comprovadamente tiveram prejuízos em lavouras localizadas em municípios que decretaram situação de emergência entre os dias 1º de novembro do ano passado e 31 de março de 2010, desde que reconhecidos pelo governo estadual. Os juros foram fixados em 5,75% ao ano com prazo de reembolso de até oito anos, incluída a carência de 24 meses. A norma prevê ainda que o risco da operação é integralmente dos bancos e que devem ser apresentadas garantias usuais do crédito rural. O financiamento pode ser contratado até 30 de setembro. As informações são de assessoria de imprensa.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.