Pecuária

Bem-estar dos animais aumenta produtividade

A fazenda Vista Alegre recebeu neste mês de novembro o treinamento “Manejo Racional e Bem-Estar Animal de Bovinos com foco em bovinocultura leiteira"
Por:
18 acessos

Para os especialistas, estamos vivendo uma época na qual se busca maior respeito nas relações com os animais, tanto na criação quanto na utilização deles como alimento e força motriz. A fazenda Vista Alegre, que fica no município de Manga, Norte de Minas, recebeu neste mês de novembro o treinamento “Manejo Racional e Bem-Estar Animal de Bovinos com foco em bovinocultura leiteira”. O curso teve a participação de produtores e trabalhadores rurais e foi realizado numa parceria entre o Sindicato dos Produtores Rurais de Manga e o SENAR Minas.

Durante a capacitação, ministrada pela veterinária e instrutora  Flaviane Afonso Ferreira, eles foram orientados sobre a utilização das técnicas de manejo racional e também foram conscientizados sobre a importância de uma boa relação entre homem e animal.

Os participantes ainda  receberam explicações sobre comportamento dos bovinos, técnicas de manejo gentil, manejo em diferentes categorias animais, embarque e desembarque dos bovinos, antes e pós transporte obedecendo às técnicas de manejo gentil, uso do pastejo rotacionado, condução dos animais, preparo das novilhas de primeira cria para a ordenha gentil, dentre outras.

O produtor rural Edvaldo Alkimim disse que o treinamento foi muito bom e as técnicas importantes para o aprimoramento das atividades no campo - principalmente no que se refere a pecuária leiteira. “Não sabia que o bem-estar animal poderia interferir tanto na produção dos animais”, comemorou. O que chamou a atenção do produtor também foram as cinco liberdades e os cinco princípios, as técnicas de amansamento de novilhas usando cordas sobre os animais, uso do cotonete e bandeiras de sacos brancos em varas de bambu, escovas e condicionamento nas salas de ordenhas e limpeza dos úberes.

A instrutora acredita que, após o treinamento, os participantes irão trabalhar de forma mais eficiente, respeitando o comportamento animal. "Usando as técnicas de manejo racional eles aumentarão a rentabilidade da atividade, pois terão aumento na eficiência reprodutiva dos animais, na produção e qualidade do leite. Melhoria também na saúde e vida útil do animal, além de atender a uma demanda do mercado, que cada dia exige mais o manejo correto dos animais", explicou.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink