Bertin contrata auditoria e prepara equipe para incorporar compromissos

Agronegócio

Bertin contrata auditoria e prepara equipe para incorporar compromissos

Ações visam contribuir para o desenvolvimento da pecuária sustentável
Por: -Janice
402 acessos

No último dia 22, a Bertin S.A. assinou o Programa de Certificação de Produção Responsável na Cadeia da Carne, um acordo com a ABRAS (Associação Brasileira de Supermercados), que prevê a garantia da rastreabilidade e origem de produtos bovinos. É mais uma ferramenta para assegurar que a carne vendida nos supermercados brasileiros não tenha procedência de áreas de desmatamento ilegal. Dessa forma, a Bertin sela mais um compromisso público perante grandes, médios e pequenos varejistas representados pela ABRAS, com os quais sua relação comercial está normalizada.

Outra ação da agenda de sustentabilidade da Bertin foi a contratação da SGS Auditores, que está avaliando o sistema utilizado pela empresa para rastreabilidade da produção, de forma a garantir a origem do gado adquirido de sua área de controle.

Além disso, a Bertin prepara a equipe interna para que os compromissos do Termo de Ajuste de Conduta (TAC) – assinado com o Ministério Público Federal (MPF) no Pará - se tornem procedimentos do dia-a-dia da companhia, incluindo o treinamento dos profissionais de compras para atender às normativas. Essas práticas também estão sendo expandidas na atuação em outras regiões do bioma amazônico.

Um dos compromissos que a empresa assumiu é solicitar aos seus fornecedores o Cadastro Ambiental Rural (CAR), da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (SEMA). O fornecedor que ainda não tiver o CAR deve comprovar que já deu entrada ao pedido de obtenção. Se não o fizer em seis meses, no máximo, será excluído da lista de fornecedores da Bertin.

O TAC representa mais um instrumento firmado para a evolução de práticas socioambientais na pecuária paraense ao contemplar medidas que garantem a legalidade da origem da carne produzida no Estado. Depois da assinatura, o MPF enviou carta aos clientes da Bertin, na qual cancelou todas as recomendações de não compra. Na carta, o MPF reconhece “o total compromisso do Grupo Bertin com a legalidade de suas operações e a transparência na relação com o cliente”. Também destaca que “o Grupo Bertin agiu de forma positiva no auxílio da resolução do problema da custódia da pecuária do Pará, nunca se eximindo de suas responsabilidades. As contribuições trazidas através de suas atividades precedentes de sustentabilidade foram importantes para o avanço deste acordo e para a criação de um modelo de pecuária sustentável na Amazônia. Após a assinatura deste TAC cria-se uma nova referência da Pecuária no Brasil”. As ações visam atingir o “desmatamento zero” no curto prazo e garantir a atividade em prol da economia local.

Pontos principais do comprometimento reiterado pela Bertin junto ao MPF

Não aquisição de gado de áreas que:

• Figurem nas listas de áreas embargadas e de trabalho escravo divulgadas na internet pelo IBAMA e pelo Ministério do Trabalho, respectivamente, ou que venham a ser comunicadas ao frigorífico pelo Ministério Público Federal;
• Tenham condenação judicial de primeiro grau, e até que esta não seja reformada pelas instâncias superiores, por invasão em terras indígenas, por violência agrária, por grilagem de terra e/ou por desmatamento e outros conflitos agrários;
• Haja desmatamento ilegal de novas áreas a partir de 8 de julho de 2009, data de assinatura do TAC

Aquisição de gado somente do fornecedor que:

• Apresente, no prazo de seis meses, comprovante de que deu entrada ao pedido de obtenção do Cadastro Ambiental Rural (CAR) da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (SEMA);
• Apresente, no prazo de 12 meses, o pedido de licenciamento ambiental junto à Secretaria Estadual de Meio Ambiente;
• No prazo de 24 meses, tenha a licença ambiental;
• No prazo de 60 meses, tenha a situação fundiária regularizada.

As informações são da assessoria de imprensa da Bertin S.A.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink