Bienal dos Negócios da Agricultura começa hoje na Famato

Agronegócio

Bienal dos Negócios da Agricultura começa hoje na Famato

Bienal dos Negócios da Agricultura, realizado pela Famato, tem “Renda Agrícola” como pauta central
169 acessos

Começa nesta quarta-feira (19) o maior evento do setor agrícola de Mato Grosso: a Bienal dos Negócios da Agricultura, realizada pela Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato) em parceria com Aprosoja, Ampa e Senar-AR/MT. O evento, em sua terceira edição, tem como tema central “Renda Agrícola”, e prevê três dias de programação com temas estratégicos para o agricultor. “Nosso foco foi reunir debates e discussões sobre assuntos que possam auxiliar o produtor em sua gestão rural. Vamos analisar os empecilhos para o aumento da rentabilidade agrícola, mas também poderemos orientar o agricultor sobre boas práticas de administração rural”, observa o coordenador do evento, Ricardo Arioli.

No primeiro dia do evento, as atividades começam a partir das 14h, com a segunda edição do Fórum Agrário Empresarial, que terá como tema a questão fundiária, a partir da análise da demarcação da Reserva Indígena Raposa Serra do Sol. Às 16h, ocorre o Fórum de Sustentabilidade Ambiental, que discutirá os avanços da legislação ambiental e seus impactos para a atividade produtiva. Na pauta, MT Legal, o Código Ambiental de Santa Catarina e o Código Florestal Brasileiro.

O primeiro dia da Bienal se encerra com o coquetel beneficente de abertura, quando a organização do evento doará R$ 20 mil para o Lar da Criança, administrado pela Setecs/MT. Na ocasião, a Aprosoja fará o lançamento do projeto “Soja é Vida”, e o presidente do Grupo Bandeirantes de Comunicação, Johnny Saad, fará uma palestra sobre a “Importância da Produção Agrícola para a Sociedade”. A noite é fechada com a apresentação de um pocket show da dupla Nico e Lau.

SEGUNDO DIA – No dia 20 de agosto, a Bienal começa às 8h com um painel sobre mercado de commodities e as projeções de cenário após a crise mundial. Três analistas dos maiores países produtores (Estados Unidos, Brasil e Argentina) farão suas previsões de safra e preços, de forma a antecipar algumas conjunturas para o produtor. Em seguida, às 10h, o tema passa a ser a gestão das propriedades, num painel que alia a análise da situação atual das propriedades em Mato Grosso com o perfil do chamado “Zé Tranqüilo”, aquele produtor rural que consegue tomar medidas de gestão capazes de deixá-lo imune à crise.

O impacto dos fertilizantes na renda do produtor é o tema do painel das 14h do segundo dia da Bienal. Na pauta, a análise sobre o potencial de auto-suficiência na produção de fertilizantes do país e a adoção da agricultura de precisão como forma de reduzir o custo de produção. No final da tarde, às 18h, o consultor Wellington Bastos Barreto apresenta uma palestra sobre sucessão familiar.

TERCEIRO DIA – No terceiro dia da Bienal, as discussões começam às 8h, com o Fórum de Logística e Renda, realizado em parceria com a Associação Brasileira de Agribusiness (Abag). Participam do painel o gerente comercial da Vale do Rio Doce, Paulo Capriolli, o diretor geral do Dnit, Luiz Antonio Pagot, o presidente da Frente Parlamentar de Logística de Transportes e Armazenagem, deputado federal Homero Pereira, o diretor geral da Agência Nacional de Transportes Aquáticos (Antaq), Fernando Antônio Brito Fialho e o Secretário Executivo da Câmara Temática de Infra-Estrutura e Logística do Agronegócio do Mapa, Biramar Nunes de Lima. As discussões serão coordenadas pelo presidente da Abag, Carlo Lovatelli.

Às 10h, será realizado um painel sobre Política Classista e Renda Agrícola, com participação do Ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Reinhold Stephanes, do presidente da Aprosoja, Glauber Silveira da Silva, do Conselheiro Consultivo da Ampa, Sérgio De Marco, e do presidente do Senar-AR/MT, Normando Corral. O mediador será o presidente da Famato, Rui Prado.

A questão ambiental volta à tona às 11h30, com o painel que relaciona sustentabilidade e renda, num debate que inclui alternativas energéticas sustentáveis e formas de se gerar renda a partir da sustentabilidade. A programação será encerrada com o fórum sobre “Desafios do Agronegócio”, que conta com a participação do Ministro de Assuntos Estratégicos, Daniel Vargas, da senadora e presidente da CNA, Kátia Abreu, e do governador do Estado, Blairo Maggi.

Programação paralela detalha discussões

Cuiabá (MT), 18 de agosto de 2009 - A organização da terceira edição da Bienal dos Negócios da Agricultura confirmou há pouco a programação dos eventos paralelos à relação oficial de painéis desta edição. Serão nove encontros distribuídos entre salas de aula e auditórios. A Bienal, que tem início na próxima quarta-feira (19-08) e segue até sexta-feira, no Cenarium Rural, em Cuiabá, é organizada pela Federação da Agricultura e Pecuária (Famato), em parceria com a Ampa, Aprosoja e pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar-MT).

Com exceção da programação segmentada na Comunicação – media training para as lideranças do segmento rural e workshop para jornalistas – o primeiro evento paralelo à Bienal ocorre nesta quarta-feira (19-08): uma reunião da Confederação Nacional da Agricultura e Pecuária (CNA) com a Monsanto, na sala 9, das 9h às 12h. À tarde, a CNA promove uma reunião da Comissão Nacional de Cerais, Fibras e Oleaginosas (CNCFO), também na sala 9, das 14h às 18h, no Senar. Na sala 2 do Senar, serão apresentadas as perspectivas para o algodão adensado, durante reunião técnica da Associação Mato-grossense dos Produtores de Algodão (Ampa), das 14h às 16h. No dia 20, quinta-feira, se reúnem na sala de aula 9 do Senar os membros do Comitê Estratégico Soja Brasil (Cesb), das 8h às 18h. Na sala 8, das 14h às 16h, terá início a reunião da Comissão Estadual de Suinocultura. Na sala 2, das 14h às 18h, será realizada a reunião da Câmara Setorial da Soja. E às 19h, coquetel de lançamento do Movimento Pró-Logística, auditório da Famato, edifício Famato.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink