Biodiesel abre nova frente de disputa entre distribuidoras

Agronegócio

Biodiesel abre nova frente de disputa entre distribuidoras

As distribuidoras reforçam investimentos e acirram a disputa para ganhar mercado
Por: -Cibelle Bouças
1 acessos
A um ano do cumprimento da legislação que torna obrigatória no país a mistura de 2% de biodiesel no óleo diesel, as distribuidoras de combustíveis reforçam investimentos - os anunciados até agora somam R$ 216 milhões - e acirram a disputa para ganhar mercado. A BR Distribuidora, controlada pela Petrobras, foi a primeira a iniciar a venda do B2 (mistura de 2% de biodiesel no diesel), e assim já começa a lucrar com a sua aposta.


Recentemente, fechou contrato com a Viação Itaim Paulista (VIP), empresa que opera uma frota de 1.880 ônibus na capital paulista, para o fornecimento do B30. A mistura, composta por 30% de biodiesel, 8% de álcool e 62% de diesel, foi desenvolvida a pedido da VIP e foi autorizada para venda pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink