Biosev firma parceira com instituto agronômico (IAC), de campinas para o desenvolvimento de cana

Agronegócio

Biosev firma parceira com instituto agronômico (IAC), de campinas para o desenvolvimento de cana

Programa Cana IAC, envolvido nesta parceria com a Biosev, é responsável por 23% das variedades lançadas no Brasil
Por:
1117 acessos

Receba Notícias como esta por email

Cadastre-se e receba nossos conteúdos gratuitamente
Obrigado por se cadastrar
  • Enviamos a você um email de boas vindas para ativação de seu cadastro.

A Biosev e o Instituto Agronômico (IAC), de Campinas, por meio do Centro de Cana, situado em Ribeirão Preto, estabeleceram uma importante parceria que tem como finalidade o desenvolvimento de cultivares de cana-de-açúcar para as principais regiões canavieiras do Brasil. A colaboração entre a empresa e o Instituto prevê diversas ações com a participação de técnicos da Biosev em treinamentos e a instalação de uma rede de ensaios de competição de genótipos de cana-de-açúcar em unidades Biosev com diferentes contextos agroclimáticos.

“A parceria com o IAC irá impulsionar o desenvolvimento do nosso processo de tecnologia agrícola e a cooperação entre a empresa e o instituto”, destaca Ricardo Lopes, diretor Agrícola da Biosev. “O Instituto é um dos mais reconhecidos e respeitados do setor e certamente nossa colaboração mútua será importante”, diz o executivo. O entendimento também prevê a instalação de diversos experimentos já adaptados às condições de cada região nas 11 unidades que a Biosev tem no Brasil.

“A cooperação com a Biosev é extremamente importante para o Instituto, pois a troca de informações será muito rica, e contribuirá para a o desenvolvimento de novas variedades de cana. Além disso, também estão previstas outras ações em conjunto, incluindo a participação de técnicos da Biosev em treinamentos e a instalação de uma rede de ensaios de competição de genótipos de cana-de-açúcar em unidades Biosev com diferentes contextos agroclimáticos” afirma o Marcos Guimarães de Andrade Landell, diretor do Centro de Cana do IAC.

O Programa Cana IAC, envolvido nesta parceria com a Biosev, é responsável por 23% das variedades lançadas no Brasil na última década. No total são 22 variedades de cana-de-açúcar IAC para o setor sucroenergético e uma para fins forrageiros.  Resulta também do Programa Cana IAC o Sistema de Mudas Pré-Brotadas (MPB) – método inédito que muda o conceito de plantar cana no Brasil. Com a tecnologia, para o plantio de um hectare, o consumo cai de 18 a 20 toneladas de mudas, no plantio convencional, para 2 toneladas no MPB.

 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink