Biotecnologia pode gerar ganhos de US$ 66 bilhões em 10 anos

Agronegócio

Biotecnologia pode gerar ganhos de US$ 66 bilhões em 10 anos

De acordo com Paula Carneiro, diretora da Céleres
Por: -Leonardo Gottems
4767 acessos

A biotecnologia pode gerar ganhos econômicos de US$ 66 bilhões nos próximos dez anos, de acordo com Paula Carneiro, diretora da Céleres Assessoria Agronômica. O resultado viria através da adoção de sementes transgênicas, que permitem a diminuição da necessidade do uso de defensivos e o aumento da produtividade nas lavouras.

De acordo com a especialista, o aumento do uso da biotecnologia rendeu cerca de US$ 33 bilhões nos últimos vinte anos. “O produtor rural tem notado os resultados econômicos e ambientais gerados pela biotecnologia”, sustentou Paula em palestra durante a “Bio Latin America Conference”, realizada na última semana em São Paulo (SP).

Na questão do meio ambiente, os benefícios estão relacionados ao uso de menor quantidade de água e de combustíveis em máquinas e implementos agrícolas, bem como a consequente redução das emissões de gases de efeito estufa. Porém, Paula ressalta que uma produção sustentável só será efetiva com a combinação entre biotecnologia, manejo integrado de pragas, rotação e consórcio de culturas e a busca de novas tecnologias, técnicas e processos.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink