Boas expectativas para a segunda safra e queda nas cotações do milho

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o nosso site e as páginas que visita. Tudo para tornar sua experiência a mais agradável possível. Leia os Termos de Uso e a Termos de Privacidade.


CI
Milho

Boas expectativas para a segunda safra e queda nas cotações do milho

Na comparação com abril do ano passado, o milho já está custando 6,5% menos este ano
Por:

Em abril, os preços caíram no mercado interno. Os motivos foram: a previsão de uma boa produção na segunda safra (2018/2019) e a queda na demanda para o mercado externo.

Segundo levantamento da Scot Consultoria, na região de Campinas, em São Paulo, a saca de 60 quilos fechou o mês cotada em R$36,00, sem o frete. 

Desde o final de fevereiro, quando começaram os recuos, o preço do cereal caiu 16,3% no estado. Na comparação com abril do ano passado, o milho já está custando 6,5% menos este ano.

Para o curto e médio prazos, a expectativa é de queda nos preços do milho no mercado interno. Na B3, os contratos futuros de milho caíram ao longo de abril. Destacamos o rompimento da barreira dos R$32,00 por saca em Campinas-SP para os contratos com vencimento em julho/19, que era o piso de preço desde o final de 2018.

Como fatores de atenção, o clima e o câmbio seguem como os de maior peso na precificação do cereal no restante deste semestre. 

Neste caso, a atenção maior ficar por conta do dólar, em função das questões políticas e reflexos sobre a cotação da moeda norte-americana frente ao real, já observadas em março e abril. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink