Boi/CEPEA: Frigorífico aumenta preço da arroba, negócios seguem lentos
CI
Agronegócio

Boi/CEPEA: Frigorífico aumenta preço da arroba, negócios seguem lentos

Os preços da carne em baixa limitam as aquisições por parte de frigoríficos
Por:

Agentes do mercado pecuário consultados pelo Cepea têm considerado os negócios “travados” ao longo deste mês. Ainda devido à restrição de oferta, as escalas de frigoríficos seguem bastante curtas. Assim, algumas unidades de abate comentam que, às vezes, iniciam a semana precisando comprar animais para abate nos dias seguintes. Os preços da carne em baixa, no entanto, limitam as aquisições por parte de frigoríficos. Como a disponibilidade de animais para abate é, de fato, baixa, os ajustes oferecidos pela indústria para a arroba do boi não têm facilitado muito os agendamentos. Entre 18 e 25 de janeiro, o Indicador do boi gordo ESALQ/BM&FBovespa subiu 0,47%, a R$ 99,69 nessa quarta-feira.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.