Boi gordo deve chegar a R$ 125 em MS ainda em setembro, prevê Famasul

Agronegócio

Boi gordo deve chegar a R$ 125 em MS ainda em setembro, prevê Famasul

Se confirmada estimativa, preço ficará 6% acima do registrado em agosto
Por:
1038 acessos

O preço da arroba do boi gordo deve encerrar o mês de setembro com média de R$ 125,52 em Mato Grosso do Sul. A projeção é do Departamento Econômico do Sistema Famasul - Federação da Agricultura e Pecuária de MS e foi divulgada no Informativo Casa Rural de setembro. Se confirmada esta estimativa, o preço ficará 6% acima do valor registrado em agosto, quando a arroba do boi gordo chegou R$ 118,4.
 
Para a gestora econômica do Sistema Famasul, Adriana Mascarenhas, o desempenho do mercado bovino é explicado pela restrição na oferta e pela expectativa de aumento das exportações para a Rússia. "Em agosto, abatemos 273 mil bovinos no Estado, sendo este o menor volume registrado desde novembro de 2011. Com destaque, principalmente, para a queda no abate de fêmeas, que no acumulado do ano atingiu 35,57%, confirmando a retenção de matrizes ao longo do ano.  Este resultado demonstra que o criador está retendo as fêmeas. A tendência é que se mantenha este cenário", afirma a economista.
 
Segundo Adriana, o mercado suíno mantém esse panorama de preços positivos. Em agosto deste ano, o valor do quilo deste tipo de carne teve média de R$ 3,54,  com valorização de 3,42% frente julho, que registrou média de R$ 3,42 o quilo. "Nossa expectativa é que em setembro a cotação do suíno apresente média de R$ 3,9 o quilo. Esta trajetória positiva é fruto da redução de oferta, resultado da crise de 2012, período em que muitos criadores, principalmente dos Estados do Sul do Brasil, abateram seus planteis e  saíram da atividade", ressaltou Adriana.
 
A economista também associa a restrição de disponibilidade de carne suína durante os últimos meses às condições climáticas do início do ano, quando o calor intensivo reduziu a produtividade das fêmeas.
 
O Informativo Casa Rural traz também os números do mercado de aves, que apontam para o crescimento dos preços. De acordo com o Departamento de Economia, em agosto de 2014 o preço da carne de frango, influenciado pelo aumento da demanda interna e externa, subiu 6,1%, passando de R$ 3,92 para R$ 4,16 o quilo. A estimativa é que ao final de setembro a carne de frango apresente a média de R$ 4,24 o quilo. 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink