Boi gordo teve melhor oferta e posicionamento
CI
Agronegócio

Boi gordo teve melhor oferta e posicionamento

Entre os meses de março e junho ocorre a concentração da oferta de safra
Por:
A disponibilidade interna de carne bovina favorece a valorização dos preços do produto no atacado

Entre os meses de março e junho ocorre a concentração da oferta de safra

O mercado físico do boi gordo vem apresentando uma melhor oferta ao longo do mês de março, natural considerando que entre o mês corrente até junho ocorre a concentração da oferta de safra. Devido a essa situação, os frigoríficos conseguem um melhor posicionamento de suas escalas de abate, e esse quadro não deve sofrer alterações drásticas no curto prazo.


Segundo o analista da consultoria Safras & Mercado Fernando Henrique Iglesias, até mesmo os frigoríficos de menor porte no interior paulista conseguiram um melhor posicionamento no início da semana, indicando escalas de até cinco dias úteis.

Os frigoríficos de maior porte indicam uma situação mais confortável, com escalas de abate posicionadas em até sete dias úteis, dependendo da região em que a unidade frigorífica está situada.

O desempenho das exportações é muito positivo neste início de ano. Dessa forma, a disponibilidade interna de carne bovina favorece a valorização dos preços no atacado. A demanda interna segue favorável, no entanto, resta saber se ela será capaz de absorver o aumento de oferta provocado pelo auge da safra de boi gordo. Da mesma maneira que as exportações ajudam a escoar a oferta em excedente, mas não devem ter capacidade de equilibrar o mercado interno brasileiro.

As exportações de carne bovina do Brasil renderam US$ 146,5 milhões em março (seis dias úteis), com média diária de embarques de US$ 24,4 milhões. A média é 58,2% menor na comparação com os US$ 58,4 milhões obtidos diariamente em fevereiro, quando os embarques de carne bovina totalizaram US$ 350,4 milhões. Em março de 2012, as exportações totalizaram US$ 340,8 milhões, com embarques diários de US$ 15,5 milhões.


A quantidade de carne bovina exportada em março/13 foi de 31,4 mil toneladas, com média diária de 5,2 mil toneladas, o que indica um recuo de 58,6% frente à média de 12,6 mil toneladas registradas em fevereiro. O embarque total de carne bovina em março/12 foi de 69,8 mil toneladas.

A média semanal de preços entre os dias 11 e 14 de março em Minas Gerais R$ 93,87 livre, a prazo. Em Mato Grosso do Sul, preço a R$ 91,62. Em São Paulo, a arroba ficou a R$ 97,97, livre, a prazo. Em Goiás, a arroba foi cotada a R$ 89,75 a prazo. Em Mato Grosso, preço a R$ 86,70.


No atacado, a média semanal ficou em R$ 4,90 nos cortes de dianteiro, e de R$ 7,78 nos cortes de traseiro.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.