Bois e búfalos de Pernambuco serão vacinados contra aftosa
CI
Agronegócio

Bois e búfalos de Pernambuco serão vacinados contra aftosa

“Desde 1998, não são registrados casos de febre aftosa no estado
Por:

Os 102 mil proprietários rurais que produzem bois e búfalos em Pernambuco devem vacinar os animais contra a febre aftosa até 31 de outubro. A segunda etapa da campanha deste ano foi aberta oficialmente na última sexta-feira, 1º de outubro, e deve abranger 2,2 milhões de cabeças no estado.

“Desde 1998, não são registrados casos de febre aftosa em Pernambuco. É preciso manter os índices de vacinação conquistados, para que a doença continue longe do rebanho”, enfatiza o responsável pelo Programa Nacional de Erradicação da Febre Aftosa no estado, Luiz Xavier.

Na última etapa da campanha, em abril deste ano, a cobertura foi de quase 95% dos animais. De acordo com Xavier, esse índice está sendo ampliado de forma progressiva. “Desde 2003, com a criação da Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária de Pernambuco (Adagro), as ações na área de saúde animal foram intensificadas. Hoje, a estrutura do estado permite maior divulgação da vacina entre os produtores, já conscientizados sobre a importância da aplicação”, informa.

O rebanho pernambucano é formado predominantemente por gado leiteiro. A maior produção de lácteos é proveniente do Agreste, principalmente dos municípios de Águas Belas, Bom Conselho, Itaíba, Buíque, Pesqueira e São Bento do Una. No Sertão, destacam-se Ouricuri, Exu, Bodocó e Serra Talhada.

Após a compra e aplicação da vacina, os proprietários dos animais têm até 15 dias para entregar o comprovante em um dos 143 postos das prefeituras e representações de órgãos de defesa animal no estado.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink