Bolívia promove seminário para prevenir a entrada de HLB no país

Agronegócio

Bolívia promove seminário para prevenir a entrada de HLB no país

Bolívia tem, aproximadamente, 51 mil hectares de citros e está sob a ameaça da entrada do HLB
Por:
292 acessos

O pesquisador do Fundecitrus Renato Beozzo Bassanezi foi um dos palestrantes do “1º Seminário Internacional de HLB” da Bolívia, que ocorreu de 12 a 15 de julho, em Santa Cruz de la Sierra, com o objetivo de treinar os agentes de defesa daquele país para prevenir a entrada do HLB e trocar informações sobre a doença entre países da América do Sul.

A Bolívia tem, aproximadamente, 51 mil hectares de citros e está sob a ameaça da entrada do HLB devido a extensa fronteira com o Brasil, Paraguai e Argentina, países que têm a doença. O país já registrou a presença do psilídeo.

O evento foi organizado pelo APHIS/USDA (Animal and Plant Health Inspection Service do United States Department of Agriculture) e SENASAG (Serviço Nacional de Sanidade Agropecuária e Segurança Alimentar) do Ministério de Desenvolvimento Rural e Terras da Bolívia.

Participaram 186 pessoas, a maioria agentes de defesa vegetal e aduaneira, além de pesquisadores e citricultores da Bolívia. Também participaram representantes do Uruguai, Paraguai e Peru.

Foram 32 horas de atividades incluindo palestras e atividades no campo. Bassanezi falou sobre a etiologia da doença, sobre a bactéria, sintomas, a importância da doença, como é sua disseminação, a situação no Brasil, monitoramento do psilídeo, os dez mandamentos para o manejo do HLB e o manejo regional e alerta fitossanitário implantados pelo Fundecitrus.

Além do pesquisador brasileiro, foram responsáveis pelo treinamento Hilda-Goméz, do Aphis/USDA (EUA) e Pedro Robles do SENASICA (México).

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink