Brasil amplia área habilitada para exportar carne bovina in natura à União Européia
CI
Agronegócio

Brasil amplia área habilitada para exportar carne bovina in natura à União Européia

Com a medida, áreas importantes da produção pecuária brasileira serão incluídas no comércio com a UE
Por:

Mato Grosso do Sul voltará a ser área habilitada à exportação de carne bovina in natura para os países europeus, assim como todo o território de Mato Grosso e Minas Gerais. A informação foi repassada, nesta sexta-feira (12), ao ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Reinhold Stephanes, pela Secretaria de Defesa Agropecuária, que acerta os detalhes técnicos com a União européia, há meses.

A decisão vai ser ratificada pela Diretoria Geral para Saúde e Consumidores da União Européia (DG-Sanco), em reunião do Comitê Permanente da Cadeia de Alimentos e Saúde Animal, nesta terça-feira (16), em Bruxelas (Bélgica).

Com a medida, áreas importantes da produção pecuária brasileira serão incluídas no comércio com a União Européia. “Além de atender a uma reivindicação antiga do setor, a decisão tornará a área aprovada no Brasil como território contínuo, sem fragmentos de trechos não habilitados em seu interior”, explica o secretário de Defesa Agropecuária, Inácio Kroetz.

Após a ratificação, a decisão será publicada no jornal oficial da União Européia. Até o momento, 287 municípios de Minas Gerais e as regiões Norte e Sul de Mato Grosso estão impedidos de comercializar a carne bovina in natura para União Européia.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.