Brasil amplia mercado de carne de frango salgada

Carne

Brasil amplia mercado de carne de frango salgada

Alguns dos maiores importadores europeus não só mantiveram suas compras, como também as ampliaram
Por:
59 acessos

Depois do desafio sofrido em 2018, quando diversos abatedouros foram desabilitados pela União Europeia na exportação de carne de frango salgada, o setor foi à luta, em busca de novos mercados. Conseguiu. Mas, curiosamente, alguns dos maiores importadores europeus não só mantiveram suas compras, como também as ampliaram.

No ano passado, mesmo bimestre, 13 países importaram a carne de frango salgada brasileira. Neste ano, só quatro não retornaram (por ora): Chile, Espanha, Israel e Itália. Mas a maioria dos outros nove que permaneceram aumentou o volume adquirido, enquanto outros sete surgiram como novos importadores, aumentando para 16 o número de países adquirentes do produto.

Os destaques, neste caso, vão para a Libéria e o Turcomenistão que, de imediato, se colocam como quarto e sexto importadores da carne de frango salgada. Mas o destaque continua com a União Europeia. Juntos, três integrantes do bloco europeu (Holanda, Reino Unido e Alemanha) ocupam as primeiras posições, tendo absorvido 88% do volume exportado no bimestre. 


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink