Brasil eleva em 22% exportações de soja

Agronegócio

Brasil eleva em 22% exportações de soja

O bom desempenho teve como fator principal o aumento do preço médio, uma vez que a quantidade exportada diminuiu cerca de 10% em relação a 2006
Por:
134 acessos

Os produtos que mais contribuíram para o desempenho positivo das exportações no mês de setembro foram cereais e preparações, soja e carnes. As exportações do complexo soja no mês passado totalizaram US$ 967 milhões, 22,2% acima do valor exportado em igual período de 2006. O bom desempenho teve como fator principal o aumento do preço médio (37%), uma vez que a quantidade exportada diminuiu cerca de 10% em relação ao ano anterior.

O complexo carnes registrou 19,6% de crescimento no valor das exportações, que passou de US$ 748,6 milhões em setembro de 2006 para US$ 894,9 milhões em setembro deste ano. O resultado positivo deveu-se ao aumento de 13,1% no preço médio e 5,7% na quantidade exportada.

Já o valor exportado do complexo sucroalcooleiro diminuiu 13% em relação ao mesmo período do ano passado. Os preços do açúcar foram 27,9% inferiores, enquanto o volume exportado aumentou 26,5%, o que resultou numa redução de 8,8% no valor exportado. As receitas de exportações de álcool diminuíram 25,4%, produto da redução de 6,6% na quantidade embarcada, com preços 20,2% menores.

No geral, tanto as exportações quanto as importações do agronegócio registraram recordes históricos para o mês de setembro. O valor embarcado no setor somou US$ 4,9 bilhões em setembro, cifra 14,6% superior ao registrado no mesmo período do ano passado. As importações somaram US$ 671,9 milhões. Os dados estão reunidos na Balança Comercial do Agronegócio, divulgada hoje pela Secretaria de Relações Internacionais do Agronegócio (SRI) do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

De janeiro a setembro deste ano, as exportações do agronegócio somaram US$ 42,8 bilhões, cifra 18,7% maior em comparação com o mesmo período de 2006, US$ 36 bilhões. No acumulado do ano, as importações cresceram 30,8% em relação a igual período do ano anterior, totalizando US$ 6,1 bilhões. O superávit no período ficou em US$ 36,6 bilhões.

O superávit comercial acumulado nos últimos 12 meses foi de US$ 48 bilhões. Entre outubro de 2006 e setembro 2007, as exportações brasileiras do agronegócio totalizaram US$ 56 bilhões. Esse valor é 19% superior ao exportado de outubro de 2005 a setembro de 2006, US$ 47 bilhões. No mesmo período as importações foram 33,4% superiores aos doze meses anteriores e somaram US$ 8,149 bilhões. O complexo carnes (29,3%), o complexo sucroalcooleiro (20,4%), soja, (10,8%), sucos de frutas (69%); cereais, farinhas e preparações (150%), produtos florestais (9,5%) e café (23,9%) foram os setores que mais contribuíram para o resultado.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink