Brasil expõe produtos em feira na Ásia
CME MILHO (DEZ/20) US$ 4,200 (0,72%)
| Dólar (compra) R$ 5,63 (0,59%)

Imagem: Embaixada do Brasil em Bagkok

VITRINE

Brasil expõe produtos em feira na Ásia

A Tailândia compra é importante parceiro comercial no Sudeste asiático
Por: -Eliza Maliszewski
802 acessos

A Tailândia compra vários produtos brasileiros, sendo importante parceiro comercial no Sudeste asiático. Pulou da 32ª colocação no ano passado para 19ª em 2020. Em 2019 as exportações para o país geraram em receita um total de US$ 1,67 bilhão. Neste ano o volume já é 44% maior e soma US$ 901 milhões. Os produtos mais vendidos são farelo de soja (38%), soja (36%), máquinas agrícolas (2,9%), algodão (2,4%), celulose (1,3%). Em maio o país também passou a comprar carne bovina com osso, desossada e miúdos com potencial de alcançar US$ 140 milhões por ano. Os dados são da Subsecretaria de Estratégia Comercial.

Nesta semana o Brasil participa de uma feira presencial em Bangkok. A Anuga THAIFEX Thailand 2020 é a maior feira de alimentos do Sudeste asiático. Representando a Embaixada Brasileira no país, a adida agrícola e Auditora Fiscal Federal Agropecuária (Affa) Maria Eduarda Machado e sua equipe esclarecem aos importadores e demais interessados as condições sanitárias e fitossanitárias da produção nacional, além de outros aspectos relacionados ao acesso dos produtos agrícolas brasileiros ao mercado tailandês. O evento também acontece simultaneamente em uma plataforma virtual para ampliar acesso de compradores. 

Entre os produtos expostos no evento estão: café especial, açaí, mel e derivados, produtos lácteos, pescado e frutas frescas. Dez empresas brasileiras estão sendo representadas institucionalmente pela Embaixada do Brasil na Tailândia.

“Buscamos as melhores condições de acesso aos produtos do agronegócio brasileiro nos mercados desta região.Além disso, prospectamos novas oportunidades para nossos produtos por meio de ações de apoio à promoção comercial e verificamos potenciais barreiras sanitárias e fitossanitárias às exportações”, diz Maria Eduarda.

O evento presencial começou nesta terça-feira (22) e  ocorre até o próximo sábado (26). As reuniões virtuais vão de 28 de setembro até 2 de outubro. O acesso pode ser feito aqui.
 

Anúncios que podem lhe interessar


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink